Geral

Cientistas implantam gene humano da linguagem em ratos

Depois de suspeitar, por mais de duas décadas, que existe uma ligação entre o gene Foxp2 e o desenvolvimento da fala e da linguagem nos seres humanos, um grupo de cientistas decidiu implantar o gene em ratos de laboratório, para saber quais reações a alteração genética poderia causar nos animais. As informações são do blog […]

Arquivo Publicado em 17/09/2014, às 17h27

None
1608223429.jpg

Depois de suspeitar, por mais de duas décadas, que existe uma ligação entre o gene Foxp2 e o desenvolvimento da fala e da linguagem nos seres humanos, um grupo de cientistas decidiu implantar o gene em ratos de laboratório, para saber quais reações a alteração genética poderia causar nos animais. As informações são do blog IFL Science.

Segundo a publicação, o Foxp2 foi apelidado de “gene da linguagem” e sua falta foi identificada pela primeira vez em uma família que possuía dificuldades na habilidade da fala. Presente em todos os humanos que falam normalmente, ele seria um elemento importante para a aquisição de linguagem.

De acordo com os cientistas, os ratos que contaram com a implantação do gene humano desenvolveram maior facilidade e rapidez no aprendizado. Pelo que foi pesquisado, o gene também estaria ligado à memória e teria reforçado a habilidade nos ratos, assim como faz nos humanos.

Os linguistas costumam estudar a aquisição da linguagem como uma união entre o mecanismo biológico dos seres humanos, um conhecimento preestabelecido da habilidade da fala e o conhecimento de mundo ao qual somos submetidos a partir do nascimento.

Jornal Midiamax