Geral

Chinesa mata gato, faz sopa e compartilha na internet

A jovem Li Jinbang, da província de Guandong, na China virou alvo de uma campanha de ódio na internet após postar fotos na rede dela mesma cozinhando um gato e preparando uma sopa com o que sobrou do animal. As imagens do felino sendo morto foram postadas na rede social Weibo, uma versão chinesa do […]

Arquivo Publicado em 26/03/2014, às 15h06

None
624316050.jpg

A jovem Li Jinbang, da província de Guandong, na China virou alvo de uma campanha de ódio na internet após postar fotos na rede dela mesma cozinhando um gato e preparando uma sopa com o que sobrou do animal. As imagens do felino sendo morto foram postadas na rede social Weibo, uma versão chinesa do Facebook.


Inicialmente a mulher escreveu apenas: “Olhe, eu consegui pegar um tigre e comê-lo”. Em seguida, ela postou as fotos e explicou como ela tinha cozinhado o animal antes de tirar sua pele e cortá-lo em pedaços.


Depois de receber inúmeras ameaças, Jinbang tentou se defender ao dizer que o gato tinha ficado extremamente machucado em um acidente de carro e que ela estava apenas fazendo um favor a uma amiga, ao acabar com o sofrimento do animal de estimação dela.


Alguns internautas disseram não estar surpresos em saber que Jinbang é da província de Guangdong, famosa por seus hábitos alimentares exóticos, que geralmente incluem incomuns pratos feitos com animais.


A China desaprova o consumo de gatos, mas estima que o animal seja consumido por cerca de 4 milhões de pessoas por ano no país.


Em 2012, autoridades elaboraram uma lei que considera crime o consumo de gatos e cachorros e prevê prisão de até 15 dias para os infratores. Contudo, as autoridades admitem que o consumo dos animais tem aumentado a cada ano.

Jornal Midiamax