China pede que Baidu exclua conteúdos eróticos de seus serviços

A China pediu ao gigante de internet Baidu, o principal motor de busca do país, que “limpe” seus serviços de conteúdos eróticos e pornográficos depois que as autoridades encontraram arquivos deste tipo em sua plataforma de armazenamento online. Segundo um comunicado do Escritório Nacional contra a Pornografia e Publicações Ilegais, a advertência ao gigante de […]
| 11/08/2014
- 14:46
China pede que Baidu exclua conteúdos eróticos de seus serviços

A China pediu ao gigante de internet Baidu, o principal motor de busca do país, que “limpe” seus serviços de conteúdos eróticos e pornográficos depois que as autoridades encontraram arquivos deste tipo em sua plataforma de armazenamento online.

Segundo um comunicado do Escritório Nacional contra a Pornografia e Publicações Ilegais, a advertência ao gigante de internet chinês foi feita por várias denúncias de usuários, que asseguraram que algumas contas do Baidu Cloud – serviço de armazenamento de conteúdos online, também conhecido como “nuvem” – guardam arquivos deste tipo.

O documento indica que as autoridades pertinentes já advertiram à companhia da “falta de supervisão” neste serviço e a pediram para “apagar rapidamente todos os arquivos em questão, fechar as contas que tenham guardado estes conteúdos e apresentar um relatório sobre os esforços realizados”, segundo informa a agência oficial “Xinhua”.

As autoridades chinesas anunciaram em abril o início de uma campanha contra conteúdos pornográficos e eróticos em páginas web que examinaria alguns dos portais mais populares do país e inclusive as versões digitais dos mais importantes meios de imprensa oficiais do regime.

Últimas notícias