Geral

CenaSom apresenta o espetáculo “Embrujos de España 25 Anos” no Centro Cultural

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul realiza na quinta-feira (5 de junho), às 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo, mais uma edição do projeto CenaSom com o espetáculo “Embrujos de España 25 anos”, que contará com a participação do bailarino Anderson Alves (SP) e da cantora […]

Arquivo Publicado em 03/06/2014, às 01h55

None

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul realiza na quinta-feira (5 de junho), às 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo, mais uma edição do projeto CenaSom com o espetáculo “Embrujos de España 25 anos”, que contará com a participação do bailarino Anderson Alves (SP) e da cantora Miska Thomé (MS). A apresentação tem classificação livre e duração aproximada de 50 minutos.

Saias, babados e sapateado. O ritmo guiado pelas palmas e pelo cântico espanhol. Olhos que acompanham os passos e posição das mãos. Flores no cabelo, vermelho nos lábios, expressão no rosto e dança flamenca na alma. São cenas do ensaio para o espetáculo “Embrujos de España 25 anos”, em comemoração ao aniversário da companhia que carrega os feitiços da Espanha em Mato Grosso do Sul.

A estreia do espetáculo aconteceu em outubro de 2013 no Teatro Glauce Rocha. Ao todo 22 bailarinos mostrarão os encantos e a alegria de sapatear, bailar, sentir e expressar o corpo e a alma. O elenco tem quem já foi, quem sempre esteve e quem entrou há pouco, mas já faz parte da história. A diretora artística do Embrujos e bisneta de espanhóis, Maria Helena Pettengill, explica que a apresentação está focada no que ela mais se preocupa: na formação da dança Flamenca para as próximas gerações.

“Para reapresentar o espetáculo foram feitas algumas modificações e novos quadros foram inseridos. Será repleto de emoção e traduzindo o que significa “Embrujos”: Feitiço. Um passeio pelos vários estilos do flamenco: bulerias, alegrias, soleás, fandangos, sevillanas e rumba flamenca. Utilizando castanholas, palmas, leques e figurino colorido torna-se um espetáculo alegre. Utilizaremos algumas imagens da trajetória do grupo durante seus 25 anos de atividades, homenageando bailarinos e pessoas que fizeram parte desta história”, comenta Maria Helena.

A Cia de Artes Embrujos de España completou em abril de 2013 25 anos de atividades atuando na divulgação e preservação da cultura espanhola em todo Mato Grosso do Sul. A Cia. realiza seus próprios espetáculos e participa de eventos realizados pela comunidade artística da cidade.

Durante esses anos já se apresentou por duas vezes (1996 e 1997) no Festival Interdanza em Assunção (Paraguai) e nas seguintes cidades do Estado: Aquidauana, Amambai, Mundo Novo, Ponta Porã, Dourados, São Gabriel do Oeste, Rio Brilhante, Camapuã, Sidrolândia, Rio Verde, Coxim, Maracaju e Miranda.

Em 1998, quando completou dez anos, a Cia realizou um grande espetáculo no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camilo, “Cante Y Baile Flamenco”. Renomados artistas do flamenco participaram deste show: Blanquita Serrano, Yara Castro, Fernando de La Rua, Tito Gonzáles, Luciano Kathib e Marcelo Rodrigues.

Em 2002, com o apoio do Fundo de Investimentos Culturais da Fundação de Cultura, realizou o espetáculo “El Amor Brujo” no Teatro Glauce Rocha. Este espetáculo de dança e teatro trouxe um grande crescimento profissional para os integrantes com a experiência do diretor Rubens Velloso. Em 2004, também com o apoio do FIC, foi realizado novamente o espetáculo “El Amor Brujo”, com direção de Maria Helena Pettengill e um elenco de 35 bailarinos.

Em 2005 e 2007 o grupo participou do CenaSom – projeto promovido pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul – com o espetáculo Blanco Y Negro. Como grupo convidado participou da Mostra de Dança de Cuiabá nos anos de 2005, 2006, 2007, 2009 e 2010.

Serviço

Os ingressos têm o valor de R$ 15,00 (inteira) e 7,50 (meia). A meia-entrada é valida para estudantes, professores, doadores de sangue e idosos (acima de 60 anos), com a apresentação de seu respectivo comprovante.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 9613-1703. O Centro Cultural José Octávio Guizzo fica localizado na rua 26 de Agosto, 453, entre a Calógeras e a 14 de Julho, no Centro.

Jornal Midiamax