Geral

Casal é assassinado em Mato Grosso do Sul e o filho é o principal suspeito do crime

Duas pessoas foram encontradas mortas nesta quarta-feira (30), em uma chácara no Bairro João de Barro, em Camapuã – a 135 quilômetros de Campo Grande. Os corpos foram identificados como Luiz Nogueira da Silva e a namorada dele Edínia. O principal suspeito é o filho dele, que estaria envolvido com a companheira do pai. Os […]

Arquivo Publicado em 01/05/2014, às 11h22

None
1225828829.jpg

Duas pessoas foram encontradas mortas nesta quarta-feira (30), em uma chácara no Bairro João de Barro, em Camapuã – a 135 quilômetros de Campo Grande.

Os corpos foram identificados como Luiz Nogueira da Silva e a namorada dele Edínia. O principal suspeito é o filho dele, que estaria envolvido com a companheira do pai.

Os vizinhos encontraram o casal morto porque sentiram o mau cheiro que vinha da residência dele. A perícia foi acionada e no local constataram que a porta da frente estava trancada por dentro e a porta dos fundos fechada pelo lado de fora, ambas com correntes e cadeados.
Os corpos do casal estavam caídos no chão, em avançado estado de decomposição. Silva teria sido morto com um golpe na cabeça, provavelmente causado por um machado. Ele teve o crânio aberto pela pancada. Edínia apresentava vários cortes na lateral esquerda do corpo e teve o abdômen aberto.

No local os peritos encontraram um machado, uma foice e uma faca, que podem ter sido usados no crime, além de várias folhas de papel com um desabafo que teria sido escrito pelo filho de Luiz, identificado como Silvano, dando detalhes do envolvimento dele com a madrasta e sugerindo sua autoria no crime.

A polícia está à procura de Silvano e, apesar dos indícios ainda não há confirmação que ele é o autor do crime.

Jornal Midiamax