Geral

Candidatos focam discurso em saúde durante o programa eleitoral gratuito

Os candidatos ao governo estadual pelo PMDB, Nelsinho Trad, e PT, Delcídio do Amaral, focaram seus discursos em saúde no programa do horário eleitoral gratuito desta quarta-feira (27). Nelsinho falou sobre a construção do Hospital do Câncer de Barretos em Campo Grande, iniciada durante sua gestão na Prefeitura da Capital, em 2011. A candidata a […]

Arquivo Publicado em 27/08/2014, às 17h16

None

Os candidatos ao governo estadual pelo PMDB, Nelsinho Trad, e PT, Delcídio do Amaral, focaram seus discursos em saúde no programa do horário eleitoral gratuito desta quarta-feira (27).

Nelsinho falou sobre a construção do Hospital do Câncer de Barretos em Campo Grande, iniciada durante sua gestão na Prefeitura da Capital, em 2011. A candidata a vice na chapa do peemedebista, Janete Morais, é filha de Antônio Morais, que financiou a obra.

A Prefeitura da Capital doou o terreno e toda a obra foi financiada pelo próprio empresário. Nelsinho contou a história andando por corredores do prédio ao lado de Janete, destacando a importância da parceria.

Delcídio usou testemunhos de populares para abordar temas como dificuldade em marcar consultas na rede pública de saúde. Falou, entre outras coisas, em criar centros de diagnóstico, equipando hospitais já existentes em municípios polo no Estado.

Os demais candidatos na disputa – Reinaldo Azambuja (PSDB), Professor Monje (PSTU), Sidney Melo (PSOL) e Evander Vendramini (PP) não apresentaram conteúdos inéditos.

O tucano ressaltou sua origem familiar e atividades enquanto prefeito em Maracaju. Monje, ao lado de Suél Ferranti, que já disputou majoritárias pelo partido, segue apostando no discurso criticando o atual modelo de gestão pública.

A campanha do PP segue usando o ex-prefeito de Campo Grande Alcides Bernal como uma espécie de ‘âncora’. O candidato do PSTU adota tom informal no programa, em uma espécie de bate-papo abordando metas de governo.

Jornal Midiamax