Geral

Candidato ao Senado é multado em R$ 41,9 mil por desobedecer ordem judicial

A coligação ‘Mato Grosso do Sul com a Força de Todos’, liderada pelo PT, conseguiu duas vitórias na Justiça Eleitoral contra o candidato do PSD ao Senado, Antonio João. Conforme publicado na tarde desta quinta-feira (18) no mural eletrônico do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), Antonio João foi multado em R$ 41,9 mil por desobedecer o […]

Arquivo Publicado em 18/09/2014, às 22h58

None
1736111382.jpg

A coligação ‘Mato Grosso do Sul com a Força de Todos’, liderada pelo PT, conseguiu duas vitórias na Justiça Eleitoral contra o candidato do PSD ao Senado, Antonio João.

Conforme publicado na tarde desta quinta-feira (18) no mural eletrônico do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), Antonio João foi multado em R$ 41,9 mil por desobedecer o cumprimento de direito de resposta dada à coligação adversária.

Na decisão, o desembargador Romero Osme Dias Lopes, juiz auxiliar eleitoral, conta que Antonio João “não cumpriu a contento o que determinado judicialmente”. Após deixar a mensagem de direito de resposta por poucos minutos em sua página no Facebook, o candidato do PSD publicou “textos diversos, sem qualquer liame ou adequação a uma resposta (inclusive de nítida publicidade em seu favor) e, ainda, de personagens literários, científicos e políticos de renome mundial”.

Com base nisso, o juiz entendeu que Antonio João teve nítida intenção, “ao agir com desdém para com o Poder Judiciário, de burlar a decisão com o efetivo descumprimento do que foi determinado judicialmente”. O candidato do PSD foi penalizado duas vezes neste caso, totalizando multa de R$ 41,9 mil.

Em outra decisão, também publicada no mural do TRE nesta quinta, o mesmo magistrado proibiu que Antonio João veicule vídeo, de propaganda eleitoral, no qual foi feita montagem usando imagens do candidato do PT ao Senado, Ricardo Ayache. Neste caso, o descumprimento da decisão prevê multa diária de R$ 10 mil.

Jornal Midiamax