Geral

Campo-grandense lança CD e tem ingressos de show esgotado em primeiro dia de venda

Thamires Tannous acabou de lançar seu primeiro disco, Canto Para Aldebarã. E já neste trabalho vem surpreendendo a crítica. Em texto publicado no blog “Pulsa Nova Música”, o jornalista se rasga de elogios a campo-grandense e já avisa no lead da matéria: chegou para mostrar quem é e a que veio. Como o texto diz, […]

Arquivo Publicado em 16/04/2014, às 19h22

None
968246940.jpg

Thamires Tannous acabou de lançar seu primeiro disco, Canto Para Aldebarã. E já neste trabalho vem surpreendendo a crítica. Em texto publicado no blog “Pulsa Nova Música”, o jornalista se rasga de elogios a campo-grandense e já avisa no lead da matéria: chegou para mostrar quem é e a que veio.

Como o texto diz, Thamires Tannous não é do tipo de cantora que espera o tempo passar até poder mostrar todo o seu potencial; o faz de uma vez, e você se emociona logo de cara, por inteiro.

Com uma mistura de ritmos brasileiros, árabes e latinos, Thamires leva aos ouvidos o que se pode chamar de música popular, contando com o percussionista libanês William Bordokan, responsável pela presença marcante de derbaks, djembes e daffs ao longo de algumas faixas do disco.

O show de lançamento de Canto Para Aldebarã, será no próximo dia 24, no Sesc Vila Mariana. As vendas dos ingressos pela internet já se esgotaram. Quem quiser ver o show terá que aguardar a venda, que se inicia hoje, no próprio local.

A artista

Desde os dois anos de idade Thamires Tannous já mostrava que queria ser artista. Na época cantava palavras indecifráveis em pequenos shows que os pais registraram em vídeos. Mais tarde, aos quatro, o interesse foi para os instrumentos musicais. Com mãe pianista em casa a música sempre ecoava pelos corredores. “Minha mãe sempre tocava e ficava escutando”, diz.

E de tanto ouvir a mãe, Gyselle Tannous, tocar, o destino não poderia ser outro, senão a música. Foi aprender a tocar, o instrumento escolhido foi o violino e com apenas um ano de estudos já tocava na Orquestra do maestro Victor Diniz.

Ficou no grupo por cinco anos e paralelamente foi estudar canto. Com 11 anos descobriu que era este seu grande talento e nunca mais parou de exercitar a voz. Aos 16, gravou o primeiro CD demo com o músico Otavio Neto, que já trabalhou com o grupo Fat Family.

Mas logo depois de lançar o CD foi para São Paulo terminar os estudos regulares. “Vim fazer o terceiro ano do ensino médio. Ai, na hora de escolher que carreira seguir fiquei na duvida. Acabei optando pela publicidade. Fiz a faculdade na ESPM, trabalhei três anos na editora abril até que um mochilão me revirou a cabeça”, conta.

A viagem, pela Europa, lembra, foi reveladora. Foi a partir daí que percebeu que não poderia fazer outra coisa senão cantar. Voltou, com a música na cabeça e foi atrás de seu destino. “Deixei o trabalho, prestei vestibular de música e comecei a me dedicar integralmente à música”, conta.

Questionada se brigou para aceitar seu destino, diz: tentei fugir, não deu certo.

Lançamento de Canto Para Aldebarã no Sesc Vila Mariana


  • Data: 24/04/2014

  • Horário: 20h30

  • Ingressos: R$2,40/R$6,00/R$12,00

  • Venda nas unidades do Sesc a partir de 16/04, às 17h30

Jornal Midiamax