Geral

Campo-grandense está desaparecido em Santa Catarina e preocupa familiares

O estudante campo-grandense Hyron Matheus da Silva Mendes, de 16 anos, está desaparecido desde o dia 30 em Joinville, Santa Catarina. Os familiares, preocupados, já procuraram a polícia local e lavraram um boletim de ocorrências, mas até esta quarta-feira (8) não havia qualquer informação sobre seu paradeiro. Segundo a mãe de Hyron, a balconista Adriana […]

Arquivo Publicado em 08/01/2014, às 17h42

None
505108281.jpg

O estudante campo-grandense Hyron Matheus da Silva Mendes, de 16 anos, está desaparecido desde o dia 30 em Joinville, Santa Catarina. Os familiares, preocupados, já procuraram a polícia local e lavraram um boletim de ocorrências, mas até esta quarta-feira (8) não havia qualquer informação sobre seu paradeiro.

Segundo a mãe de Hyron, a balconista Adriana Myashiro , ele saiu no dia 28 de casa, no Bairro Duque de Caxias, mas no dia 30 ainda foi visto na cidade de Joinville, mas depois não deu mais notícias.

Hyron, que é adepto do movimento punk, teria discutido com a mãe no dia 28 e decidiu deixar a casa onde moram. “Nós discutimos porque ele dormiu fora de casa e eu quis impor algumas regras. Ele ficou irritado e saiu, mas pensei que fosse coisa passageira”, afirmou a mãe.

Adriana disse que passados dois dias, ou seja no dia 30, encontrou com Hyron em uma rua de Joinville e tentou fazer com que ele voltasse, mas não conseguiu. “Ele estava em companhia desse pessoal que faz malabarismo nas esquinas e tem sotaque espanhol. Acredito que ele continue com eles viajando pelas praias da região”, afirmou a mãe.

Ela, além da preocupação, fica na expectativa de que nada de ruim tenha acontecido com o filho. “Tenho mantido contato com a polícia constantemente e o que me alivia é que se não há nada sobre ele é porque ele não está envolvido em coisas ruins. Já fiz tudo o que estava ao meu alcance para encontrá-lo espero que continue assim e que logo ele dê notícias”, afirmou.

Adriana mora em Joinville há oito meses e Hyron foi para a cidade no fim do ano passado para tentar se adaptar pois o pensamento era morar com a mãe.

Em Campo Grande, Hyron morava com o pai e uma irmã no Bairro Tiradentes. O seu desaparecimento em Santa Catarina já mobiliza os amigos nas redes sociais e muitos apelam para que ele volte para casa.

Jornal Midiamax