Campo Grande quer sobra de vacinas contra a gripe A do interior para atender quem ficou sem

Após o último lote, 50 mil doses, da vacina contra a gripe A acabar na última quinta-feira (31) em Campo Grande, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou que foi pedido mais um lote com 100 mil unidades, contudo, o MS (Ministério da Saúde) informou não haver mais doses no estoque. Após isso, de acordo […]
| 01/08/2014
- 16:13
Campo Grande quer sobra de vacinas contra a gripe A do interior para atender quem ficou sem

Após o último lote, 50 mil doses, da vacina contra a gripe A acabar na última quinta-feira (31) em Campo Grande, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou que foi pedido mais um lote com 100 mil unidades, contudo, o MS (Ministério da Saúde) informou não haver mais doses no estoque. Após isso, de acordo com a Sesau, também houve um pedido para a SES (Secretaria Estadual de Saúde) para que seja enviada para a Capital as doses que sobraram do interior do Estado, porém a SES acha essa hipótese muito improvável.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Jamal Salen, após a negativa do MS, é preciso checar, nos municípios pequenos, se há vacinas que não foram usadas, em virtude da pequena demanda da população. “A SES ficou de nos avisar se há vacinas sobrando. Vamos Aguardar”, ressalta ele.

Contudo, de acordo com a SES, essa sobra é quase impossível de acontecer. Segundo a secretaria, se na Capital está faltando, isso acontece também no interior. “Acho muito improvável de haver um remanejamento de vacinas para Campo Grande. A falta é no Brasil todo, inclusive em cidades pequenas”, afirmou um funcionário do setor de vacinas da SES.

A Assessoria de Imprensa da Sesau informou que não há previsão de envio de novo lote de vacinas. Segundo a Sesau, o Ministério não está conseguindo suprir a demanda de vacinas pelo Brasil.

O último lote da vacina contra a gripe A foi distribuído em 64 unidades básicas de saúde, em Campo Grande. Em muitas delas, houve filas e até princípio de tumulto por conta da alta procura pela vacina.

Últimas notícias