Geral

Campanha nacional contra violência a crianças e adolescentes foi lançada durante Carnaval

campanha contra violência a crianças e adolescentes durante o Carnaval

Arquivo Publicado em 02/03/2014, às 19h22

None

campanha contra violência a crianças e adolescentes durante o Carnaval

Campanha Nacional pelo Fim da Violência contra Crianças e Adolescentes foi lançada ontem (1º), em Campo Grande, durante a abertura da Programação do Carnaval. O evento acontece na Avenida Fernando Correa da Costa, entre a Avenida Calógeras e a Rua 14 de Julho, a partir das 21 horas. A ação perdura até o dia 4 de março, quando se dá o encerramento das festividades.

A ação irá abordar temas relativos aos direitos fundamentais da criança e do adolescente focando na necessidade de proteção, uma prioridade absoluta e compartilhada entre a família, o Estado e a sociedade, conforme determina a Constituição Federal de 1988. Materiais informativos e brindes serão distribuídos nos clubes e durante a realização das comemorações da Folia Popular com o objetivo de conscientizar a população sobre a incidência de práticas como a exploração e a violência sexual, que violam os direitos das crianças e adolescentes.

Segundo a titular da pasta Thais Helena, “a campanha convoca a sociedade para assumir a responsabilidade com a proteção integral dos direitos das crianças e adolescentes neste período carnavalesco, protegendo também o carnaval de nossas crianças e adolescentes das vulnerabilidades nessa época, como a violência sexual, o trabalho infantil e tráfico para fins de exploração sexual”, afirma.

De acordo com a diretora de proteção especial da SAS Lesly Lidiane Ledesma, “cabe ao Poder Público desenvolver ações que tenham como objetivo a efetivação de uma visão social de proteção que seja capaz de conhecer os riscos e propor as ações que visem garantir direitos, conforme preconiza o Artigo 70 do Estatuto da Criança e do Adolescente, que define que ‘é dever de todos prevenir a ocorrência de ameaça ou violação dos direitos da criança e do adolescente’”, explica.

O Disque Denúncia Nacional de Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, coordenado e executado pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República existe nesse intuito de combater tais violações. “O Disque Denúncia permite ao usuário denunciar violências, colher informações acerca do paradeiro de menores desaparecidos, tráfico de pessoas, esse independente da idade da vítima, além de obter informações sobre os Conselhos Tutelares. Tudo isso é possível através do Disque 100”, detalha a diretora.

Programação

Veja a programação da Campanha Nacional pelo Fim da Violência contra Crianças e Adolescentes


  • 01/03 (Sábado), das 21h às 02h – Avenida Fernando Correa da Costa entre Avenida Calógeras e Rua 14 de Julho;

  • 02/03 (Domingo), das17h às 19h30 – Avenida Fernando Correa da Costa entre Avenida Calógeras e Rua 14 de Julho;

  • 02/03 (Domingo), das 21h às 02h – Avenida Fernando Correa da Costa entre Avenida Calógeras e Rua 14 de Julho;

  • 03/03 (Segunda-feira), das 21h às 02h – Avenida Fernando Correa da Costa entre Avenida Calógeras e Rua 14 de Julho; e Avenida Alfredo Scaff (Praça do Papa);

  • 04/03 (Terça-feira), das 17h às 19h30 – Avenida Fernando Correa da Costa entre Avenida Calógeras e Rua 14 de Julho;

  • 04/03 (Terça-feira), das 21h às 02h – Avenida Fernando Correa da Costa entre Avenida Calógeras e Rua 14 de Julho; e Avenida Alfredo Scaff (Praça do Papa).

São parceiros da iniciativa: Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (SETAS), Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (SEMADUR), Fundação Municipal de Cultura (FUNDAC), Agência Municipal de Transporte e Trânsito (AGETRAN), Vara da Infância, Juventude e do Idoso, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Conselhos Tutelares, Polícia Militar, Guarda Municipal, Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), Comitê de Enfrentamento da Violência e de Defesa dos Direitos Sexuais de Crianças e de Adolescentes MS (COMCEX/MS), Comissão Intersetorial de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes do Estado de Mato Grosso do Sul, entre outros.

Jornal Midiamax