Caixa eletrônico 24 horas de supermercado na rua Joaquim Murtinho, em Campo Grande, retém dinheiro de clientes durante o saque nesta quarta-feira (28). O funcionário público Jeancarlo Correa, 37 anos, foi uma das vítimas.

“Saquei oitocentos reais para pagar o IPTU e só vieram setecentos”, conta. Ele afirma que viu o mesmo acontecer com mais sete pessoas. Populares relataram à reportagem que a situação ocorreu com diversas pessoas e que um rapaz se irritou e deu um murro no caixa. 

A gerência do supermercado declarou que o serviço é terceirizado e deu como orientação que as pessoas anotem a numeração do caixa eletrônico para pedir o estorno do valor.

Foi o que fez Jeancarlo. “Liguei no 0800. Pediram minha conta e disseram que até em 48 horas o valor será estornado. Sorte que eu tinha dinheiro a mais. Mas e se eu não tivesse? Ficaria na mão?”, alerta.

O funcionário público disse ter sugerido ao gerente do supermercado que interditasse ou fizesse manutenção no caixa. “O 24 horas é para facilitar e está complicando”, frisou.

De acordo com o 0800 do caixa 24 horas, que confirmou o ocorrido, é necessário encaminhamento para área técnica que analisa o sistema da máquina para confirmar o erro. Constatado o equívoco, o valor é estornado para o cliente e cai na conta em até 48 horas.