Geral

Cachê milionário atrasa confirmação de Gisele Bündchen como portadora da taça da Copa

A confirmação da função de Gisele Bündchen no encerramento da Copa do Mundo, que acontece no próximo dia 13, continua incerta por conta de questões financeiras. Isso porque os empresários da modelo brasileira entenderam que sua participação no Mundial seria como uma “presença vip” igual as que a top costuma fazer em eventos internacionais. Por […]

Arquivo Publicado em 21/06/2014, às 14h19

None
1211452703.jpg

A confirmação da função de Gisele Bündchen no encerramento da Copa do Mundo, que acontece no próximo dia 13, continua incerta por conta de questões financeiras.

Isso porque os empresários da modelo brasileira entenderam que sua participação no Mundial seria como uma “presença vip” igual as que a top costuma fazer em eventos internacionais.

Por isso, foi exigido um cachê bastante alto para ter a beldade na cerimônia, de acordo com a revista “Época”.

Apesar disso, a Fifa argumenta que a confirmação de Bündchen no evento ainda não aconteceu, pois eles exigem que a entrega da taça seja feita por chefes de estado ou ex-campeões do Mundial, como vem acontecendo nas demais edições.

Caso Gisele seja vetada do posto de portadora do troféu, ela ainda poderá fazer um discurso ao lado do presidente da entidade, Joseph Blatter, ou ficar ao lado de Dilma Rousseff, no palco que será montado ao lado do pódio.

Jornal Midiamax