Geral

Buscas por segunda menina desaparecida no Rio Sucuriú continuam

Um pouco à frente do local onde elas desapareceram há uma cachoeira de 63 metros

Diego Alves Publicado em 30/12/2014, às 00h14

None
c5a174605db7b0420b31afa8f933cbd2_xl.jpg

Um pouco à frente do local onde elas desapareceram há uma cachoeira de 63 metros

As buscas pela segunda menina, de 11 anos, desaparecida desde o dia 21 de dezembro, no Rio Sucuriú, em Costa Rica, continuam. De acordo com o Corpo de Bombeiros, todos os dias, até o anoitecer, as equipes de resgate varrem a região do Parque Ecológico da cidade.

De acordo com o Coronel Francimar Vieira Costa, é feita uma vistoria diária na Usina TCH, que fica próximo do local do desaparecimento, a fim de constatar se a menina ficou presa nas turbinas.

Ainda de acordo com o coronel, já foram percorridos mais de 150 quilômetros do rio, mas até agora só foi encontrado o corpo de Naiara Vitoria Santana Costa, de 12 anos.

As duas meninas brincavam em um local raso, muito frequentado por banhistas, contudo, em virtude das chuvas que caíam na região, na época do desaparecimento, a correnteza levou ambas.

Segundo a PM (Polícia Militar), as famílias das meninas, que eram primas, ficaram chocadas com a tragédia.

Por fim, de acordo com a PMA, um pouco à frente do local onde elas desapareceram há uma cachoeira de 63 metros. Desta forma, há a possibilidade de uma das meninas ter caído na queda d’água.

Jornal Midiamax