Geral

Briga para levar eleição ao governo do Estado para o 2º turno será decidida voto a voto

Na antevéspera da eleição, pesquisa DATAmax aponta empate técnico entre o índice do candidato Delcídio Amaral com a soma dos adversários

Arquivo Publicado em 03/10/2014, às 23h10

None
561910424.jpg

Na antevéspera da eleição, pesquisa DATAmax aponta empate técnico entre o índice do candidato Delcídio Amaral com a soma dos adversários

Na antevéspera da eleição, não é possível dizer se a decisão sobre a disputa ao governo de Mato Grosso do Sul será no primeiro turno, é o que aponta pesquisa do Instituto DATAmax, realizada entre os dias 28 de setembro e 03 de outubro. A pesquisa foi registrada no TRE-MS, sob o número 00052/2014.

O candidato Delcídio Amaral (PT) oscilou positivamente 1,9 ponto percentual e mantém a liderança com 44% das intenções de votos. Considerando a margem de erro, caso as eleições fossem hoje, Delcídio teria de 41,8% a 46,2%.

O índice de seus adversários, somados, é de 43,3%, e o intervalo, conforme a margem de erro, oscila entre 41,1%  e 45,5% se as eleições fossem hoje.

Os números configuram empate técnico entre Delcídio e a soma dos adversários, considerando a margem de erro, de 2,2 pontos percentuais.

Segundo Turno

O candidato Reinaldo Azambuja (PSDB) oscilou 1,0 ponto percentual e se consolidou no segundo lugar com 25,4% das intenções de voto e, em caso de segundo turno, será o adversário de Delcídio Amaral.

Indecisos definem

A definição sobre o segundo turno dependerá dos eleitores que se declararam indecisos, 7,50%, percentual expresivo a se considerar que em menos de 48 horas os eleitores se dirigem às urnas. Esse índice é o mesmo do levantamento anterior, divulgado no dia 26 de setembro.

Nelsinho Trad, postulante do PMDB, manteve a tendência de queda e ocupa a terceira posição com 15,9%, contra 18,4% na última rodada. Também pontuaram os candidatos Evander Vendramini (PP), com 1,%, Sidney Melo (PSOL), 0,50%, e Professor Monje (PSTU), 0,30%. Brancos e nulos somam 5,5%.

A pesquisa foi realizada entre os  28 de setembro e 03 de outubro e registrada no TRE-MS com o número MS-00052/2014. Foram entrevistados 2.000 eleitores em 37 municípios do eleitorado sul-mato-grossense. O grau de confiança é de 95%. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos.


Na pesquisa anterior (TRE-MS-00043/2014) foram entrevistados 2.000 eleitores em 40 municípios do eleitorado sul-mato-grossense, entre os dias 20 a 25 de setembro. A margem de era de de 2,2 pontos percentuais, para mais ou menos, e o grau de confiança de 95%.

Jornal Midiamax