Geral

Boris Casoy simula problema técnico durante o “Jornal da Noite”

Boris Casoy passou por uma situação um tanto quanto constrangedora na madrugada da última quinta-feira (10), durante a apresentação do “Jornal da Noite”, da Band. Após a exibição de uma matéria, o apresentador perdeu a deixa e acabou ficando sem reação em frente às câmeras. Para resolver a situação, ele decidiu ‘falar’, mas os telespectadores […]

Arquivo Publicado em 11/04/2014, às 12h41

None
994489103.jpg

Boris Casoy passou por uma situação um tanto quanto constrangedora na madrugada da última quinta-feira (10), durante a apresentação do “Jornal da Noite”, da Band.


Após a exibição de uma matéria, o apresentador perdeu a deixa e acabou ficando sem reação em frente às câmeras.


Para resolver a situação, ele decidiu ‘falar’, mas os telespectadores não conseguiram ouvir sons. A produção, então, cortou a imagem e começou exibir a vinheta do jornal para o intervalo.


No entanto, o microfone de Boris continuou aberto e foi possível ouvir sua confissão. “Fingi que acabou o som”, disse, acreditando estar fora do ar.


A gafe, claro, foi publicada na internet e já se tornou viral entre os internautas.


Vale lembrar que no início de 2010 Boris Casoy também foi ‘traído’ pelo áudio de seu microfone.


Enquanto o telejornal exibia um VT de garis desejando feliz Ano Novo aos telespectadores, o jornalista disparou: “Que m****! Dois lixeiros desejando felicidades do alto da suas vassouras. O mais baixo na escala do trabalho’.


Por conta do vazamento do comentário, o profissional foi duramente criticado e se viu na obrigação de pedir desculpas pelo ocorrido.


“Foi um erro. Vazou, era intervalo e supostamente os microfones estavam desligados. Errei mesmo. Falei uma bobagem, uma frase infeliz. E vou pedir desculpas’, disse na ocasião.


Apesar disso, o veterano não se livrou de um processo judicial e foi condenado a pagar R$ 21 mil ao gari Francisco Gabriel de Lima, que foi o ofendido no episódio.

Jornal Midiamax