Geral

Bom Senso FC entrega proposta a ministro e minimiza ausência de Paulo André

Protagonista do Bom Senso FC desde a criação do grupo, no ano passado, o zagueiro Paulo André deixou o futebol brasileiro neste ano – trocou o Corinthians pelo Shanghai Shenhua, da China. No entanto, o coletivo de atletas tem feito esforço para mostrar que não ficou órfão. Nesta segunda-feira, os jogadores entregaram ao ministro do […]

Arquivo Publicado em 10/03/2014, às 21h40

None

Protagonista do Bom Senso FC desde a criação do grupo, no ano passado, o zagueiro Paulo André deixou o futebol brasileiro neste ano – trocou o Corinthians pelo Shanghai Shenhua, da China. No entanto, o coletivo de atletas tem feito esforço para mostrar que não ficou órfão. Nesta segunda-feira, os jogadores entregaram ao ministro do Esporte, Aldo Rebelo, a proposta que eles desenvolveram para adoção de práticas de fair play financeiro no futebol brasileiro.

“É uma discussão que envolve clubes e o governo, mas o jogador não pode se omitir. Temos obrigação de participar”, disse o goleiro Fernando Prass, do Palmeiras, porta-voz do Bom Senso FC no evento.

O encontro entre o grupo de jogadores e o ministro foi realizado na sede da empresa BDO, em São Paulo. Na próxima segunda-feira, o Bom Senso FC fará uma apresentação para jornalistas sobre o conteúdo mostrado a Aldo Rebelo.

“O Bom Senso FC não tinha um líder ou porta-voz. O que importa é o movimento e seus objetivos. Não tem lado de ninguém aqui. O lado é o futebol”, explicou o goleiro.

“Recebi documentos da Europa, analisei, e vi que Bom Senso tem proposta muito razoável e mais próxima da nossa realidade. Temos muito interesse que essa agenda tenha desfecho vitorioso”, concordou Aldo Rebelo.

O ministro considera que o atual momento, a poucos meses da Copa do Mundo no Brasil, é o melhor possível para discutir esse tipo de assunto: “Temos jogadores que passam por uma superexposição, com calendário excessivo, e outros sem calendário. Concordo com a maioria dos pontos do Bom Senso para o fair play financeiro, e o governo tem toda disposição para ajudar”.

O fair play financeiro é um dos pilares do Bom Senso FC, movimento criado por jogadores para debater a gestão do futebol brasileiro. Eles também tem discutido assuntos como calendário, férias e pré-temporada adequada para os atletas.

Jornal Midiamax