Geral

Bolsas asiáticas fecham em alta após PMI da China

Os mercados de ações da região da Ásia e do Pacífico fecharam em alta nesta segunda-feira, após o avanço no índice de gerente de compras (PMI) oficial do setor industrial da China. A tendência positiva também foi sustentada por fatores locais, em uma dia de pouca liquidez devido aos feriados que mantiveram as bolsas fechadas […]

Arquivo Publicado em 02/06/2014, às 11h19

None

Os mercados de ações da região da Ásia e do Pacífico fecharam em alta nesta segunda-feira, após o avanço no índice de gerente de compras (PMI) oficial do setor industrial da China. A tendência positiva também foi sustentada por fatores locais, em uma dia de pouca liquidez devido aos feriados que mantiveram as bolsas fechadas na China, Hong Kong e Taiwan.


De acordo com números da Federação de Logística e Compra da China (CFLP, na sigla em inglês), o PMI industrial da segunda maior economia do mundo subiu para 50,8 em maio, de 50,4 em abril. O resultado também ficou acima da expectativa de alta para 50,6. Um leitura acima de 50 indica uma expansão da atividade industrial em relação ao mês anterior, enquanto uma leitura inferior a 50 aponta contração.


O indicador chinês ajudou a sustentar o sentimento dos investidores da região, ao amenizar as preocupações sobre uma desaceleração econômica acentuada. Em Sydney, as ações da mineradora Fortescue Metals encerraram em alta de 1,81% após o dado chinês. Contudo, o impacto positivo do PMI não foi observado igualmente em outras empresas do setor: os papéis da BHP Billiton perderam 1,13% e os da Rio Tinto cederam 0,12% após recuo no preço de minério de ferro. Com isso, o índice S&P/ASX 200 encerrou em leve alta de 0,47%, aos 5.518,50 pontos.


Entre os destaques na Austrália, as ações da Karoon Gas subiram 43% depois de a empresa concordar em vender seus ativos de gás natural em Browse Basin para a Origin Energy por até US$ 800 milhões. Enquanto isso, os papéis da Origin caíram quase 4%, tendo em vista que a companhia planeja fazer um levantamento de capital de um bilhão de dólares australianos (US$ 931 milhões) para ajudar a financiar o negócio.


Além disso, as ações da região da Ásia e do Pacífico ganharam impulso adicional de fatores locais. Em Seul, os papéis da LG avançaram 3,02% em reação ao lançamento, feito na semana passada, do novo smartphone da empresa G3. Já as ações da Samsung subiram 0,83% após a empresa anunciar que vai começar a vender no terceiro trimestre deste ano um novo smartphone com o sistema operacional chamado ‘Tizen’. O novo celular, conhecido como Samsung Z, estará à venda na Rússia, com planos de expansão para outros mercados. Com isso o índice Kospi ganhou 0,35%, aos 2002,00 pontos.


O índice PSEi, de Manila, encerrou com ganho de 0,94%, aos 6.710,40 pontos, com busca por ativos a preços baixos, após dois dias de quedas. Em Cingapura, o índice FTSE Straits Times subiu 0,19%, para 3.302,24 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.

Jornal Midiamax