Blues e Rock unidos com Whisky de Segunda e Os Intratáveis no Som da Concha de domingo

A profundidade das notas no blues e a pegada do rock irão marcar o próximo Som da Concha com as bandas “Whisky de Segunda” e “Os Intratáveis”. Os shows acontecem na Concha Acústica Hellena Meireles no Parque das Nações Indígenas neste domingo (17) às 18 horas. A entrada é franca. O Som da Concha é […]
| 17/08/2014
- 05:50
Blues e Rock unidos com Whisky de Segunda e Os Intratáveis no Som da Concha de domingo

A profundidade das notas no blues e a pegada do rock irão marcar o próximo Som da Concha com as bandas “Whisky de Segunda” e “Os Intratáveis”. Os shows acontecem na Concha Acústica Hellena Meireles no Parque das Nações Indígenas neste domingo (17) às 18 horas. A entrada é franca. O Som da Concha é um projeto da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.

Com mais de uma década de existência, a banda Whisky de Segunda mantêm sua proposta original de continuar a difundir o blues em solo sul-mato-grossense e pelo Brasil afora. O interesse por esse estilo musical e a vontade de montar uma banda motivou os jovens Jefferson Pasa e Átila Malhado, que tiveram o primeiro contato e logo depois encontraram Robson Pereira e Fábio Menoncin. Assim surgiu a Preto Veio Blues Band.

Algum tempo depois houve a mudança de nome da banda, já que queriam imprimir uma proximidade com o estilo que tocavam Em 2003, portanto, nascia a banda Whisky de Segunda, uma referência às músicas Bad Whiskey, de Buddy Guy, e Whisky e Blues, da banda Bêbados Habilidosos. De lá para cá a banda não parou mais. Sempre tocando na noite campo-grandense, no repertório nunca faltam sucessos de Otis Rush, Buddy Guy, Magic Sam, Freddie King, John Lee Hooker, Muddy Waters, além de músicas autorais.

O ano de 2013 ficou marcado como o de uma nova fase para a banda principalmente com a mudança na formação. Ao lado do guitarrista Jefferson Pasa e do vocalista Robson Pereira estão Cauê Fava no contrabaixo e Marcus Malagolini na bateria. Neste mesmo ano houve a concretização de um sonho. Depois de juntarem recursos de cachê por um ano, a banda decidiu produzir o MS Blues Festival, evento sem fins lucrativos que busca inserir Mato Grosso do Sul no circuito do blues brasileiro.

Recentemente a banda Whisky de Segunda gravou o CD “From Campo Grande To Chicago”, nos Estados Unidos, com lançamento previsto para outubro. “A nossa expectativa é grande por que esse vai ser o primeiro grande show, depois que voltamos de Chicago e também por que terá a participação especial do melhor gaitista do Brasil, o Ivan Márcio, de São Paulo”, afirma com entusiasmo o guitarrista Jefferson Pasa.

Já a banda “Os Intratáveis” virá de Dourados para subir ao palco do Som da Concha pela primeira vez. A banda surgiu em 2011 quando os músicos Fernando Tonatto e Denisar Carvalho conheceram o baterista Renan Rodrigues.

Juntos decidiram tocar clássicos do rock nacional e internacional (Beatles, The Who, Raul Seixas, Titãs, etc). Assim formaram a “Revelia”, que em razão da existência de bandas homônimas foi posteriormente rebatizada para “Os Intratáveis”. A banda sobe num palco pela primeira vez em novembro de 2011 com um repertório totalmente constituído de covers.

Aos poucos os integrantes inserem composições autorais em número cada vez maior nas suas apresentações. Atualmente a banda já realiza uma apresentação totalmente própria, carregada de identidade. E o primeiro álbum previsto para ser lançado no ano que vem.

Últimas notícias