Geral

Blogueiros chineses pedem aos EUA que defendam a liberdade de expressão

Blogueiros chineses se reuniram neste sábado, em Pequim, com o secretário de Estado americano John Kerry, a quem pediram que intervenha a favor dos direitos e das liberdades na China, onde sofrem perseguição e são presos. O encontro, organizado pela embaixada dos Estados Unidos em Pequim, durou cerca de 40 minutos. Um dos blogueiros, Zhang […]

Arquivo Publicado em 15/02/2014, às 14h18

None

Blogueiros chineses se reuniram neste sábado, em Pequim, com o secretário de Estado americano John Kerry, a quem pediram que intervenha a favor dos direitos e das liberdades na China, onde sofrem perseguição e são presos.


O encontro, organizado pela embaixada dos Estados Unidos em Pequim, durou cerca de 40 minutos.


Um dos blogueiros, Zhang Jialong, acusou empresas americanas de colaborar com as autoridades chinesas para bloquear o acesso dos internautas chineses às redes sociais.


Zhang Jialong pediu a Kerry que apoie os “chineses que aspiram a liberdade”.


Ma Xiaolin, um ex-jornalista da agência oficial chinesa Xinhua (Nova China), se queixou, por sua parte, das restrições ao uso da internet na China.


O governo chinês elaborou uma censura muito sofisticada da internet para impedir que sirva de instrumento da dissidência.


Twitter, YouTube e Facebook estão proibidos no país.


Nos últimos meses se multiplicaram na China as prisões de blogueiros pelos mais variados motivos, como a do sino-americano Charles Xue, acusado de ter solicitado os serviços de uma prostituta.

Jornal Midiamax