Geral

Blocos e Cordões desfilam resgatando Marchinhas antigas do Carnaval

O desfile de Blocos e Cordões realizado no domingo (02) contou com a participação de 14 Blocos formados por profissionais de todas as categorias. Cerca de cinco mil pessoas prestigiaram a folia. O Evento realizado pela Prefeitura de Campo Grande por meio da Fundação Municipal da Cultura e em parceria com Ablanc – Associação dos […]

Arquivo Publicado em 03/03/2014, às 20h06

None

O desfile de Blocos e Cordões realizado no domingo (02) contou com a participação de 14 Blocos formados por profissionais de todas as categorias. Cerca de cinco mil pessoas prestigiaram a folia. O Evento realizado pela Prefeitura de Campo Grande por meio da Fundação Municipal da Cultura e em parceria com Ablanc – Associação dos Blocos Bandas, Cordões e Corso Carnavalesco Cultural de Campo Grande – MS. Desfilaram em frente ao Armazém Cultural os Blocos: To a Toa, Os Boleiros, Tereré, Bem Te Vi, Beber Cair e Levantar, Amigos do Nuga, Bambas do BH, Ademolar de Umbanda, Lobo Mau, Quero Quero, Império dos Amigos, Macacos da Vila, Vai ou Racha e o Bloco Amor Eu Vou Ali.

O Arquiteto Jony Medeiros, pelo quarto ano consecutivo desfilou no Bloco Valú e disse que a finalidade é de resgatar o carnaval antigo por ser lúdico. “Este bloco é formado por amigos, a cada ano mais pessoas participam. Este é um momento de cordialidade, honestidade e animação com muitas marchinhas antigas do carnaval”.

Entre os Blocos participantes também teve o Bloco do Tereré que pelo sexto ano consecutivo desfila rua Calógeras em frente ao Armazém Cultural. Para a professora Helena Delgado no carnaval o Bloco faz a festa no Carnaval. Nos períodos fora do Carnaval trabalham aulas de músicas para crianças e adultos. “E, assim fazemos nossa história com apoio de nossa comunidade”.

Nas Arquibancadas muitas pessoas acompanharam ao desfile dos Blocos. O professor Eduardo Esteves levou sua família ao evento. “Assistimos muitas marchinhas antigas. Esta é uma ideia do resgate do carnaval antigo. É muito bom para nós relembrarmos nossa história. É um ambiente para família muito organizado com estrutura e segurança. Parabéns aos organizadores”, frisou.

O jurado foi formado por Ângelo Arruda, vereadora Luiza Ribeiro, Victor Samúdio e Jair Damasceno.

Apoiaram o evento a Guarda Municipal, Policia Militar, Defesa Civil, funcionários da Fundac e os fiscais da Semadur.

Jornal Midiamax