‘Basta fazer pedido’, diz Olarte sobre shows com músicos de outras religiões

O prefeito de Campo Grande Gilmar Olarte (PP) disse neste sábado (16) antes da inauguração da quadra de vôlei do CCI (Centro de Convivência do Idoso) Vovó Ziza que para que outras religiões se apresentem em Campo Grande basta enviar um pedido a prefeitura. Entretanto, o prefeito discorda que os grupos religiosos devam participar do […]
| 16/08/2014
- 17:02
‘Basta fazer pedido’, diz Olarte sobre shows com músicos de outras religiões

O prefeito de Campo Grande (PP) disse neste sábado (16) antes da inauguração da quadra de vôlei do CCI (Centro de Convivência do Idoso) Vovó Ziza que para que outras religiões se apresentem em Campo Grande basta enviar um pedido a prefeitura.

Entretanto, o prefeito discorda que os grupos religiosos devam participar do projeto Quinta Gospel. “É um termo evangélico, que designa a fé cristã”.

Questionado sobre a falta de espaço para todas as religiões, Olarte negou que isso aconteça. “Se outros grupos de todas as religiões quiserem tocar, basta enviar um pedido a prefeitura que será atendido”, afirmou, destacando que não concorda que eles se apresentem na Quinta Gospel.

A polêmica em torno do tema surgiu neste mês durante uma sessão na Câmara de Campo Grande. O vereador Eduardo Romero (PT do B) reclamou na tribuna que a cantora umbandista Rira Ribeiro foi vetada de participar do projeto Quinta Gospel.

Apesar de existir a dois anos, nenhum outro grupo religioso havia manifestado interesse em tocar no projeto. A secretária municipal de Cultura Juliana Zorzo disse ontem ao Midiamax que acredita que a questão tenha cunho político porque ela e o prefeito são evangélicos.

Últimas notícias