Geral

Barcelona receberia ‘bolada’ se Neymar tivesse ido para o Real Madrid

Neymar se tornaria o jogador mais caro da história do futebol, com direito a reembolso milionário para o Barcelona, se tivesse ido para o Real Madrid em 2013. O jornal espanhol Sport divulgou nesta sexta-feira documento com a proposta feita pelo clube merengue, que propunha uma negociação de 105 milhões de euros e pagamento de […]

Arquivo Publicado em 24/01/2014, às 13h38

None
24984597.jpg

Neymar se tornaria o jogador mais caro da história do futebol, com direito a reembolso milionário para o Barcelona, se tivesse ido para o Real Madrid em 2013. O jornal espanhol Sport divulgou nesta sexta-feira documento com a proposta feita pelo clube merengue, que propunha uma negociação de 105 milhões de euros e pagamento de multa ao principal rival.

De acordo com a publicação, a ‘bolada’ seria dividida da seguinte forma: 60 milhões de euros iriam para a N&N Sports, empresa do pai de Neymar, em quatro parcelas anuais. 20 milhões seriam divididos igualmente entre Santos e a DIS.

A cláusula mais curiosa do contrato, porém, está no pagamento de 25 milhões de euros ao Barcelona pela quebra de contrato entre o rival e Neymar – o que confirmaria que o jogador já tinha um pré-acerto com seu atual time antes mesmo de sua saída do Santos.

O salário do jogador dependeria do tempo de contrato firmado. Se o vínculo fosse de seis anos, renderia 10 milhões de euros ao atleta. Caso o tempo fosse de oito anos, chegaria aos 12 milhões. Além disso, Neymar receberia bônus em caso de títulos pelo Real Madrid.

Além do enorme montante, o Real Madrid ainda disponibilizaria uma série de luxos ao atacante brasileiro e seu estafe. Neymar teria à disposição uma residência em La Moraleja, zona exclusiva de Madri onde mora o lateral Marcelo, carros, passagens aéreas e professor de espanhol para toda sua família.

Rafaela, irmã do jogador, teria uma assistente pessoal em tempo integral para ajudar em sua adaptação à Europa, além de faculdade paga pelo clube. Já a empresa de Neymar pai teria direito a escritório dentro do Santiago Bernabeu ou no bairro em que o atleta iria morar.

Em compensação, a proposta previa que 30% dos ganhos de Neymar com direitos de imagens fossem para o clube merengue. O jogador ficaria com os 70% restantes.

Jornal Midiamax