Banco Mundial aprova US$ 200 mi para conter ebola na África

O Banco Mundial (BM) anunciou nesta segunda-feira que destinará US$ 200 milhões em fundos de emergência para ajudar Guiné, Libéria e Serra Leoa a conter o surto de ebola detectado na África, que provocou a morte de quase mil pessoas. O presidente do BM, Jim Yong Kim, informou que o financiamento foi aprovado a pedido […]
| 05/08/2014
- 16:34
Banco Mundial aprova US$ 200 mi para conter ebola na África

O Banco Mundial (BM) anunciou nesta segunda-feira que destinará US$ 200 milhões em fundos de emergência para ajudar Guiné, Libéria e Serra Leoa a conter o surto de ebola detectado na África, que provocou a morte de quase mil pessoas.

O presidente do BM, Jim Yong Kim, informou que o financiamento foi aprovado a pedido destes três países, os mais afetados pelo surto, e a Organização Mundial da Saúde (OMS). Kim, médico de formação, se disse “muito preocupado com as muitas vidas que correm perigo” a menos que se detenha “esta epidemia de ebola de maneira categórica”.

“Acompanho de maneira constante seu impacto mortal e estou profundamente triste por como assolou profissionais da área da saúde, famílias e comunidades, alterou o cotidiano e levou à ruptura de sistemas de saúde que já eram frágeis em três países”, afirmou o presidente do BM em comunicado.

Estes fundos vão ser destinados a equipamentos médicos, apoio aos trabalhadores de saúde e outros materiais vitais para estabilizar os sistemas de saúde, acrescentou a instituição.

O anúncio do BM aconteceu durante a participação de Kim no início da Cúpula de Líderes Africanos em Washington, à qual compareceram 42 chefes de Estado. Segundo dados da OMS divulgados hoje, o vírus do ebola já infectou 1.603 pessoas, das quais 887 morreram.

Últimas notícias