Prevenção à violência sexual de crianças e adolescentes na rede de ensino é tema de uma audiência pública que será realizada na Câmara Municipal de Campo Grande (MS).

Aberta a toda população, principalmente pais, professores de escolas públicas e privadas, a audiência foi solicitada pela Comissão Intersetorial de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes de Mato Grosso do Sul, Comitê de Enfrentamento da Violência e Defesa dos Direitos Sexuais de Crianças e Adolescentes e do Movimento Mãe Águia.

A vereadora Carla Stephanini, presidente da Comissão Permanente de Educação e Desporto, propôs a realização da audiência, que se justifica no fato de que a violência sexual é uma violação aos direitos humanos.

Conforme dados informados pela assessoria da vereadora, apenas o que consta nos registros do disque 100 nacional mostra que em Mato Grosso do Sul ocorreram, em 2013, 549 casos de violência sexual, 2.029 de negligência, 1.302 de violência psicológica e 1.127 de violência física.

A ideia, com a audiência, é tomar posição com relação ao combate desses crimes contra crianças e adolescentes.