Geral

Ato contra copa termina com depredação e 54 detidos

Sob chuva constante, terminou em confronto na noite desta terça-feira, 15, o 5º ato contra a Copa do Mundo, em São Paulo. A manifestação começou pacífica, às 18 horas, na Avenida Paulista, na região central, mas houve confusão por volta das 21h30 perto da Estação Butantã do Metrô, na zona oeste da Capital. Segundo a […]

Arquivo Publicado em 16/04/2014, às 10h42

None

Sob chuva constante, terminou em confronto na noite desta terça-feira, 15, o 5º ato contra a Copa do Mundo, em São Paulo. A manifestação começou pacífica, às 18 horas, na Avenida Paulista, na região central, mas houve confusão por volta das 21h30 perto da Estação Butantã do Metrô, na zona oeste da Capital. Segundo a Polícia Militar, 54 manifestantes foram detidos e o acesso à plataforma foi fechado.

O ato já havia chegado ao fim quando a Tropa de Choque teve de agir. No caminho para o metrô, quando a PM não acompanhava mais os manifestantes, três black blocs depredaram agências do Santander e do Bradesco, um orelhão e uma lixeira na Avenida Vital Brasil. Foi quando começou o tumulto.

Os PMs seguiram os manifestantes até a estação, onde o Choque bloqueava a entrada para prendê-los. Um ônibus foi usado para transferi-los para o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). Segundo o major Genivaldo Antônio, que comandou a operação, entre os detidos havia três menores de idade e uma gestante.

Jornal Midiamax