Geral

Assistência Social tem projetos parados e R$ 7 milhões em caixa, diz nova secretária

Projetos parados, falta de continuidade nos trabalhos e R$ 7 milhões em caixa. Esta é, em síntese, a situação encontrada na pasta pela nova secretaria municipal de Assistência Social, Janete Belini D’Oliveira. Ela tomou posse oficialmente na manhã desta sexta-feira. Mas, destaca que já vinha trabalhando no órgão. Segundo a secretária, parte dos R$ 7 […]

Arquivo Publicado em 11/04/2014, às 12h49

None
1438728173.jpg

Projetos parados, falta de continuidade nos trabalhos e R$ 7 milhões em caixa. Esta é, em síntese, a situação encontrada na pasta pela nova secretaria municipal de Assistência Social, Janete Belini D’Oliveira.


Ela tomou posse oficialmente na manhã desta sexta-feira. Mas, destaca que já vinha trabalhando no órgão.


Segundo a secretária, parte dos R$ 7 milhões em caixa será utilizada na compra de veículos para atender projetos assistenciais. O uso de restante da verba ainda será reprogramada, disse ela.


A nova chefe da SAS é pedagoga, especialista em gerência de cidades. Também trabalhou, por 11 anos, como coordenadora do Cras (Centro de Referência em Assistência Social) do Aero Rancho.


* texto editado às 11h05 para acréscimo de informações




Jornal Midiamax