Geral

Assassino diz que esfaqueou mulher por suposto furto ‘depois do programa’ em MS

Em menos de 24 horas, a Polícia Civil esclareceu a morte de Maria Lucineide Martinez, de 26 anos, morta a facadas na madrugada de domingo (14). O crime ocorreu em Coxim, município a 243 quilômetros de Campo Grande. De acordo com o site Edição de Notícias, Fagner Luiz da Silva Teles, de 33 anos, apontado […]

Arquivo Publicado em 15/09/2014, às 11h42

None
371166306.jpg


De acordo com o site Edição de Notícias, Fagner Luiz da Silva Teles, de 33 anos, apontado como principal suspeito de cometer o homicídio, foi preso por volta das 21 horas na casa do pai dele. Segundo a delegada Silvia Elaine Girardi, ele confessou a autoria do crime.

O homem disse que a motivação do crime foi o furto de um celular e de R$ 143, praticados por Lucineide depois que ela foi contratada por Fagner para fazer um “programa sexual”. Ele afirmou que o furto ocorreu no dia 9 de setembro e o homem chegou a registrar boletim de ocorrência do crime, o que levou a Polícia Civil até ele.

O crime

Maria Lucineide Martinez foi encontrada por moradores com uma facada no peito e outra na mão na manhã de domingo (14). Ela foi atacada depois de sair de uma casa noturna.

Lucineide ainda conseguiu andar alguns metros, mas caiu na quadra de cima do local do ocorrido. A bicicleta da vítima foi encontrada na Rua Walmor Rocha Soares, onde o crime deve ter acontecido.

Peritos do Núcleo Regional estiveram no local e constataram que o homicídio aconteceu entre 3 e 4 horas da madrugada.



Jornal Midiamax