Geral

Após ser flagrado em doping, Sonnen anuncia aposentadoria

Depois de ter sido flagrado no teste antidoping surpresa realizado pela Comissão Atlética de Nevada e ser retirado do UFC 175, Chael Sonnen anunciou que está se aposentando do MMA. Nesta quarta-feira, durante o programa UFC Tonight, apresentado pelo próprio lutador, o americano colocou um ponto final em sua carreira. Sonnen foi um dos técnicos […]

Arquivo Publicado em 12/06/2014, às 01h15

None
1111813191.jpg

Depois de ter sido flagrado no teste antidoping surpresa realizado pela Comissão Atlética de Nevada e ser retirado do UFC 175, Chael Sonnen anunciou que está se aposentando do MMA. Nesta quarta-feira, durante o programa UFC Tonight, apresentado pelo próprio lutador, o americano colocou um ponto final em sua carreira.

Sonnen foi um dos técnicos da terceira edição do reality show The Ultimate Fighter Brasil e lutaria contra Wanderlei Silva, seu rival no programa, no dia 5 de julho, em Las Vegas, Estados Unidos. Porém, o brasileiro não apareceu para fazer exames médicos obrigatórios e acabou excluído do evento. Para seu lugar, foi chamado Vitor Belfort, mas a luta também não acontecerá.

Chael Sonnen luta profissionalmente há 17 anos, sendo os últimos cinco pelo UFC. Conhecido por provocar muito seus adversários, o americano conquistou grandes lutas através da sua fama de falastrão. Ele lutou duas vezes, e perdeu ambas, com Anderson Silva, teve sua oportunidade de cinturão com Jon Jones, mas também foi derrotado.

Sonnen criou uma grande rivalidade com os brasileiros ao provocar Anderson Silva e falar mal do Brasil. Em 2012, antes da revanche contra o brasileiro, Sonnen chegou a falar mal da mulher do lutador, dizendo que arrombaria a porta de trás da sua casa e daria um “tapinha na bunda de sua mulherzinha”. Ainda antes do combate, ele também disse que traria na bagagem produtos que não existiam no Brasil, como sabonete e computador.

Porém, depois da participação no TUF 3, Sonnen conseguiu mudar sua imagem no País, acabou aplaudido no Ginásio do Ibirapuera e chegou até a sonhar em lutar no Brasil com a torcida a seu favor. Porém, por suas declarações, essa luta nunca deverá acontecer.

Jornal Midiamax