Geral

Após ser aplaudido, médico morre durante jogo no Paraibano

Um fato triste e inusitado marcou a partida entre Santa Cruz e Auto Esporte, pelo Campeonato Paraibano de Futebol. De acordo com o jornal Correio da Paraíba, o duelo ficou ameaçado de não acontecer por conta da ausência de um médico. Para não correr o risco de perder por WO, o Santa Cruz (mandante) saiu […]

Arquivo Publicado em 17/04/2014, às 12h31

None

Um fato triste e inusitado marcou a partida entre Santa Cruz e Auto Esporte, pelo Campeonato Paraibano de Futebol. De acordo com o jornal Correio da Paraíba, o duelo ficou ameaçado de não acontecer por conta da ausência de um médico. Para não correr o risco de perder por WO, o Santa Cruz (mandante) saiu em busca de um profissional e conseguiu o substituto Dorivaldo Souza, que chegou ao local quando a partida já estava uma hora e 15 minutos atrasada. Ele se dispôs a ajudar o time, depois de várias ligações feitas pela diretoria. Aplaudido ao chegar ao campo, ele acabou sofrendo uma parada cardíaca e morreu quatro minutos após o início do jogo.

Segundo o diretor do clube, Cesar Wellington, disse ao Correio da Paraíba, a tragédia aconteceu pelo fato de o profissional ter vindo com muita pressa para o estádio e se sentir mal ao entrar no gramado. Dorivaldo Souza pediu somente que ligassem para a sua esposa e encaminhassem-no para o hospital mais próximo. Após o triste fato, o árbitro Euneres Inácio decidiu pelo adiamento da partida. O acordo feito entre o trio de arbitragem e as duas equipes é que o jogo aconteceria nesta quinta-feira, às 20h30, no mesmo estádio, só que com portões abertos. Porém, Cesar disse que o clube tentará remarcar para uma data ainda não definida, pois o time não terá condições psicológicas, devido a morte do médico.

Jornal Midiamax