Geral

Após caso de raiva no centro, Prefeitura faz força-tarefa para vacinar cães e gatos

Morcego com a doença foi encontrado em casa no centro; último caso na Capital foi em 2011.

Arquivo Publicado em 03/10/2014, às 19h57

None
1118403878.jpg

Morcego com a doença foi encontrado em casa no centro; último caso na Capital foi em 2011.

Depois de exame confirmar que morcego encontrado em casa no centro da Capital estava com raiva, a Prefeitura, através do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), está fazendo força-tarefa para vacinar cães e gatos, iniciada na segunda-feira (29).

O CCZ tem batido de casa em casa em raio de 500 metros de onde o morcego foi encontrado para vacinar cães e gatos, a fim de evitar que os animais sejam contaminados. Apesar de encontrarem de 15 a 20 morcegos por mês, o último caso de raiva na Capital aconteceu em 2011.

A doutora Júlia Maksoud, coordenadora do CCZ, informou que o animal foi encontrado morto em casa no centro de Campo Grande no fim de setembro. “O morador colocou o morcego em um balde sem tocar no animal e nos contatou”, conta.

A orientação dada pela profissional é de não ter contato com o morcego e colocá-lo em balde ou caixa até a chegada do CCZ. Caso contrário, é necessário procurar unidade de saúde.

Jornal Midiamax