Geral

Após adolescente estuprar irmãs, mãe é presa por exploração sexual das meninas

Uma mulher de 33 anos foi presa por explorar sexualmente as duas filhas, de 7 e 9 anos, na cidade de Bonito (200 quilômetros de Campo Grande). O fato chegou ao Ministério Público Estadual (MPE), após denúncia do Conselho Tutelar. Homens dariam dinheiro à mulher, para abusar das crianças. Além das duas filhas, a mãe […]

Arquivo Publicado em 18/06/2014, às 19h38

None

Uma mulher de 33 anos foi presa por explorar sexualmente as duas filhas, de 7 e 9 anos, na cidade de Bonito (200 quilômetros de Campo Grande). O fato chegou ao Ministério Público Estadual (MPE), após denúncia do Conselho Tutelar. Homens dariam dinheiro à mulher, para abusar das crianças.

Além das duas filhas, a mãe suspeita de exploração também tem outros três filhos de 5, 12 e 16 anos. O caso veio à tona após a apreensão do menor de 16 anos, acusado de estuprar as duas irmãs. O jovem está na Unei (Unidade Educacional de Internação), de Corumbá (445 quilômetros de Campo Grande).

Após serem estupradas pelo próprio irmão, as meninas foram ouvidas pela psicóloga do MPE de Bonito, quando revelaram que a mãe as exploravam sexualmente. Posteriormente houve uma medida cautelar para que a mulher não se aproximasse das filhas.

Após sair o laudo psicológico das meninas, o promotor de Justiça Luciano Loubet pediu à Justiça a prisão da mãe. Ela está presa na delegacia da cidade e o caso está com o delegado Roberto Gurgel.

As duas meninas estão na casa de uma tia e os meninos de 5 e 12 anos estão na Casa da Criança, que é um abrigo de Bonito.

Jornal Midiamax