Geral

“Amor à Vida” é a grande vencedora do Prêmio Melhores do Ano 2014

Das 12 estatuetas do Prêmio Melhores do Ano 2014, seis foram levadas por atores do elenco da novela “Amor à Vida”. A trama de Walcyr Carrasco foi a grande vencedora da premiação que aconteceu na noite deste domingo (16), no palco do “Domingão do Faustão”. Mateus Solano, como melhor ator, Paolla Oliveira, como melhor atriz, […]

Arquivo Publicado em 17/03/2014, às 01h05

None

Das 12 estatuetas do Prêmio Melhores do Ano 2014, seis foram levadas por atores do elenco da novela “Amor à Vida”. A trama de Walcyr Carrasco foi a grande vencedora da premiação que aconteceu na noite deste domingo (16), no palco do “Domingão do Faustão”.

Mateus Solano, como melhor ator, Paolla Oliveira, como melhor atriz, Tatá Werneck, como melhor atriz revelação, Anderson Di Rizzi, como melhor ator revelação, Thiago Fragoso, como melhor ator coadjuvante, e Elizabeth Savala, como melhor atriz coadjuvante, foram os responsáveis por levar o folhetim ao topo do pódio.

Emocionados, todos os vencedores fizeram questão de agradecer e mencionar a dedicação dos envolvidos em “Amor à Vida”.

“Agradeço muito a vocês que votaram em mim. Essa novela me desafiou do primeiro ao último capítulo. Esse carinho de vocês que me deu força para eu sobreviver aos 224 capítulos. Quero agradecer ao Walcyr Carrasco e ao Mauro Mendonça que fez até o cara menos preconceituoso rever os seus conceitos na novela. Papi Soberano, Antônio Fagundes, Mami Poderosa, Susana Vieira, meu Carneirinho, Thiago Fragoso, e por último eu agradeço a minha mulher maravilhosa que me deu força para eu chegar até aqui”, agradeceu Mateus Solano.

“O teu programa tem me trazido muitas alegrias. Muito obrigada. Ser indicada junto com a Giulia Gam e a Fabiana Karla é um honra. Ainda mais que eu completo 40 anos de carreira. Quando eu comecei eu encontrei pessoas muito generosas. Eu encontrei gente como Paulo Gracindo e Nívea Maria. Eu queria oferecer para Nicete que é como se fosse uma mãe para mim. Apesar de ser um dia de festa, a classe artística está em luto pelo Paulo Goulart”, declarou Elizabeth Savala.

“O grande desafio é a gente conseguir ver a nossa família e dar conta da nossa carreira. Quando me convidaram pra esse personagem me falaram para eu trazer o coração do relacionamento homo afetivo e foi isso que eu fiz. Eu queria sair da capa, sair da caricatura e mostrar o sentimento dele. Eu queria agradecer muito ao Marcello Antony, a Danielle Winits. Eu queria agradecer intensamente ao meu parceiro que doou tudo que tinha nesse trabalho. Sem você meu irmão Mateus Solano a gente não tinha chegado aonde chegou”, lembrou Thiago Fragoso.

“Eu não consigo falar. Tem tanta gente boa, tanta estrela nessa novela. Mesmo eu tendo feito um personagem que para muita gente pode ser bobo, desinteressante por ser um ser bom, um ser coerente, para mim tem um sabor muito especial. Obrigado a todo mundo que me ajudou a fazer a novela ao fã clube por ter votado. Eu sou uma atriz que conquistou muita coisa e não precisava ganhar isso daqui. O Walcyr me ajudou a fazer uma mocinha que tinha sangue nas veias. Como ela devia ser”, contou Paolla Oliveira.

“Estou tão feliz Faustão. Obrigada. As pessoas acham que foi rápido, mas foi bem demorado. Todo mundo que trabalha na nossa profissão pensa em desistir todos os dias. Mas quando ganho um prêmio desse eu vejo que valeu a pena. Eu estou vivendo. Eu aprendi muito com a Savala diva. Porque ela sabe muito e podia ter guardada para ela, mas ela dividiu comigo. E hoje eu tive que vender meu pai meu para pagar esse vestido cheio de cristal Swarovski”, brincou Tatá Werneck.

“Estou aqui recebendo o meu primeiro prêmio. Já fui indicado algumas vezes mas nunca ganhei nada na minha carreira. Meu coração está batendo a 195 por minuto. É muito doido. Eu agradeço a Deus pela oportunidade e a minha família que está sempre ao meu lado”, disse Anderson Di Rizzi.

Jornal Midiamax