Geral

Ambulantes protestam por regularização da profissão e reclamam de funcionários da Agetran

Cinquenta vendedores ambulantes que trabalham nos terminais de ônibus de Campo Grande protestam agora em frente da Câmara dos vereadores. Os manifestantes pressionam e pedem apoio dos vereadores para aprovarem projeto que regulamenta a profissão. Eles acusam funcionários da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito de Campo Grande) de agredir ambulantes e tratá-los “qu...

Arquivo Publicado em 18/02/2014, às 12h26

None
1551373627.jpg

Cinquenta vendedores ambulantes que trabalham nos terminais de ônibus de Campo Grande protestam agora em frente da Câmara dos vereadores. Os manifestantes pressionam e pedem apoio dos vereadores para aprovarem projeto que regulamenta a profissão.

Eles acusam funcionários da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito de Campo Grande) de agredir ambulantes e tratá-los “que nem lixo” desde a gestão de Nelsinho Trad (PMDB).

A secretária da associação que engloba os vendedores ambulantes em terminais, Jussara Elizabeth Sanabria, destaca que 135 famílias dependem deste trabalho para se sustentar. “Sempre sofremos apreensão de produtos, somos agredidos, retirados à força. Não temos nenhuma garantia, defendemos a aprovação deste projeto”, destacou.

Sanabria frisou que o objetivo da manifestação é conseguir com que os vendedores possam “trabalhar em paz”.

Jornal Midiamax