Geral

Aguardando privada, cela que substituirá “jaula” de Delegacia em MS será reativada segunda-feira

Falta apenas instalar privada embutida para terminar a readequação da “jaula” da Delegacia de Polícia Civil de São Gabriel do Oeste. Segundo a Amesp (Associação para Melhoramento da Segurança Pública), que realiza a obra, a bacia turca, nome técnico para a privada embutida, deve chegar até sexta-feira (8). O delegado da Polícia Civil de São […]

Arquivo Publicado em 06/08/2014, às 18h22

None
1389413204.jpg

Falta apenas instalar privada embutida para terminar a readequação da “jaula” da Delegacia de Polícia Civil de São Gabriel do Oeste. Segundo a Amesp (Associação para Melhoramento da Segurança Pública), que realiza a obra, a bacia turca, nome técnico para a privada embutida, deve chegar até sexta-feira (8).

O delegado da Polícia Civil de São Gabriel do Oeste, Fábio da Silva Magalhães, declarou que assim que terminada a obra, a cela será reativada e já poderá abrigar presos a partir de segunda-feira (11).

A Prefeitura de São Gabriel e a Amesp estão custeando a obra, que foi orçada em cerca de R$ 10 mil. O projeto foi feito por engenheiro da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública). A cela terá capacidade para seis detentos em pé.

O caso

O caso dos cinco presos que viviam “enjaulados” na Delegacia de São Gabriel, a 133 quilômetros de Campo Grande, foi noticiado dia 14 de julho após denuncia do Sinpol/MS (Sindicato dos Policiais Civis) e teve repercussão nacional. Os presos viviam na cela improvisada há pelo menos 20 dias, sem banheiro. Os presos usavam garrafa pet para urinar.

Jornal Midiamax