Geral

Advogados dos acadêmicos que disputavam racha vão entrar com pedido de liberdade

Os advogados Amilton Ferreira de Almeida e Idamares Machado, que representam respectivamente os acadêmicos de veterinária, Pedro Henrique Pequin Taveira, de 22 anos, e André Andrade Rosa, de 18 anos, informaram à equipe do Midiamax que vão entrar com um pedido de liberdade ainda nesta manhã. Os dois estão detidos na Depac (Delegacia de Pronto […]

Arquivo Publicado em 25/06/2014, às 12h57

None
699487301.jpg

Os advogados Amilton Ferreira de Almeida e Idamares Machado, que representam respectivamente os acadêmicos de veterinária, Pedro Henrique Pequin Taveira, de 22 anos, e André Andrade Rosa, de 18 anos, informaram à equipe do Midiamax que vão entrar com um pedido de liberdade ainda nesta manhã. Os dois estão detidos na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitária) do Centro, em Campo Grande.

Os defensores revelaram que o delegado responsável pelo caso não arbitrou fiança, pelo crime ser maior de quatro anos. “Já falamos com nossos clientes e partir deste momento estamos tomando todas as providências para soltá-los”, explicou os bacharéis.

Os acadêmicos foram flagrados disputando racha na principal avenida de Campo Grande, a Afonso Pena, por volta das 4 horas desta quarta-feira (25). Eles foram presos pela prática de racha e conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada.

Foi constatado que Pedro Henrique e André tinham sinais de embriaguez, porém eles negaram a fazer o exame do etilômetro.

Jornal Midiamax