Geral

Advogado detido pelo Gaeco é identificado e apontado por tráfico e lavagem de dinheiro

O advogado detido na manhã desta quinta-feira (5) em uma operação realizada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) em Dourados, a 224 quilômetros ao sul de Campo Grande, foi identificado como Jeferson Virarola Rocha. A ação é realizada por equipes do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) […]

Arquivo Publicado em 05/06/2014, às 15h06

None

O advogado detido na manhã desta quinta-feira (5) em uma operação realizada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) em Dourados, a 224 quilômetros ao sul de Campo Grande, foi identificado como Jeferson Virarola Rocha. A ação é realizada por equipes do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) de Campo Grande e do município.


O mandado de prisão expedido contra ele se refere à associação ao tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. Além disso, eles devem cumprir mais quatro mandados de busca e apreensão.


Há informações do site MS em Foco que, as equipes tem em mãos mais outros dois mandados de prisões, porém não foi informado se eles foram ou não cumpridos.


OPERAÇÃO

As equipes do Gaeco estiveram na residência do advogado, que fica localizada em uma região conhecida como Parque Alvorada. Em seguida, eles foram até o escritório de advocacia de Jeferson, que fica na região central de Dourados.


Conforme informações preliminares, o advogado e supostamente mais cinco homens foram encaminhados à sede do MPE de Dourados, onde estariam sendo ouvidos desde o início da manhã. De lá, o magistrado deverá ser encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil e para a PHAC (Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorin Costa), que é na saída da cidade.


Não há informações de quem seriam os demais homens que foram levados para serem ouvidos. A assessoria do MPE de Campo Grande revelou que a ação é realizada pelo promotor de Justiça, Marcos Alex Vera de Oliveira, mas por enquanto não há informações sobre a operação.

Jornal Midiamax