Geral

Acadêmicos de Dourados vêm a Campo Grande participar de seminário sobre pintura e intervenção

Cerca de 30 alunos de arquitetura se preparam para uma viagem diferente. Ninguém ao certo imagina como deve ser essa nova experiência, que tem como ponto de saída Dourados e chegada o Ateliê Ana Ruas, em Campo Grande. O local que vai acolher os visitantes com suas barracas também protagoniza o seminário “Entre vários olhares: […]

Arquivo Publicado em 07/04/2014, às 21h16

None

Cerca de 30 alunos de arquitetura se preparam para uma viagem diferente. Ninguém ao certo imagina como deve ser essa nova experiência, que tem como ponto de saída Dourados e chegada o Ateliê Ana Ruas, em Campo Grande.

O local que vai acolher os visitantes com suas barracas também protagoniza o seminário “Entre vários olhares: da pintura à intervenção”, que reúne grandes artistas e críticas de arte na realização de sete palestras, seguidas de debates, além da publicação de três textos críticos sobre os temas abordados e a realização de intervenções com ações interativas e compartilhadas com o público.

O projeto, que tem como sede o Museu de Arte Contemporânea de MS – MARCO e o Ateliê Ana Ruas, foi um dos contemplados pelo Prêmio Funarte Mulheres nas Artes Visuais de 2013 e tem como objetivo principal a difusão e valorização do debate crítico para a formação de público para a arte contemporânea em Campo Grande, Mato Grosso do Sul e, portanto, tende a ser um “prato cheio” para os acadêmicos.

Para o professor Mauro Missirian, conforme ele mesmo avalia, “o desafio é aproximar o educando/aluno nesta(s) alternativa(s) metodológica(s), provocando e instigando para que se permitam experimentar, típico do comportamento juvenil, mas, que sejam experiências salutares. E, com isso, (se)envolver, (co)responder”

Os interessados em participar do evento foram muitos. Em dois dias as inscrições iniciais foram preenchidas e após organizar salas extras, em menos de um dia as mesmas também foram completadas. Esse resultado, segundo Maria Adélia Menegazzo, palestrante do evento, pós-doutora, professora aposentada da UFMS, além de curadora e crítica de Arte, mostra que as partes envolvidas estão no caminho certo.

“Neste tipo de evento o que está em jogo é a educação pela arte que pode ser traduzida na criação de uma expectativa mais crítica em relação ao objeto artístico. Acho importante também perceber que não se pode ficar isolado do pensamento global, das mais diferentes formas de apresentação da arte em nossos dias. Gerar insatisfação talvez venha a ser um resultado positivo do seminário”, avalia Maria Adélia.

E assim também concorda Maysa Leite, Coordenadora do Museu de Arte Contemporânea de MS – MARCO, um espaço destinado à arte contemporânea do Estado, e que também abriga o seminário. “O evento vem para corroborar nossas ações, ampliando mais seu campo de atuação, permitindo a todos os interessados, experiências reflexivas e práticas para o desenvolvimento da capacidade interpretativa e crítica por meio da arte, consolidando seu compromisso como uma instituição de fomento de novos e importantes debates da contemporaneidade”, enfatiza Maysa.

Confira a programação completa do evento:

8 de abril de 2014, terça – feira


  • 14h – Credenciamento

  • 14h às 16h – Maria Adélia Menegazzo – “Mulher, arte e beleza na arte contemporânea”, no MARCO-Museu de Arte Contemporânea de MS- no MARCO – Museu de Arte Contemporânea de MS

  • 19h às 21h – Lucia Koch/SP – “Estados alterados do lugar”, no Ateliê Ana Ruas

  • 19h às 22h – Intervenção ENTRE – Calçada/rua e espaço externo do Ateliê Ana Ruas

9 de abril de 2014, quarta – feira


  • 14h às 16h – Aline Figueiredo /MT “ A Descentralização da Arte Brasileira via MT/MS”, 16h – Intervenção s/título na sala de oficinas do MARCO – Museu de Arte Contemporânea de MS

  • 19h às 21h – Sandra Tucci e Saleti Barreto/SP -“A pintura e o desenho discutida em um Espaço Independente – Escola Livre” & “Incubadora de criação”, no Ateliê Ana Ruas

  • 19h às 22h – Intervenção TECER – Mezanino, no Ateliê Ana Ruas

10 de abril de 2014, quinta – feira


  • 14h às 16h – Marília Panitz/DF – “ Movimento para dentro”, no MARCO – Museu de Arte Contemporânea de MS

  • 19h às 21h – Leda Catunda/SP – “Leda Catunda – trajetória”, no Ateliê Ana Ruas

  • 21h às 22h – Intervenção APAGAMENTO – Sala principal do Ateliê Ana Ruas
Jornal Midiamax