Geral

Abel se surpreende com empate do Inter e minimiza dificuldades

O Internacional teve dificuldades, mas conseguiu arrancar um empate contra o São José, na parte final da partida, no Estádio do Vale. Sem o meia D’Alessandro, que sentiu uma fisgada na coxa esquerda, o técnico Abel Braga reconheceu as dificuldades, mas minimizou os problemas vistos diante do rival de Porto Alegre. A classificação já está […]

Arquivo Publicado em 06/03/2014, às 11h14

None

O Internacional teve dificuldades, mas conseguiu arrancar um empate contra o São José, na parte final da partida, no Estádio do Vale. Sem o meia D’Alessandro, que sentiu uma fisgada na coxa esquerda, o técnico Abel Braga reconheceu as dificuldades, mas minimizou os problemas vistos diante do rival de Porto Alegre. A classificação já está atingida, e o time colorado busca agora a melhor campanha da primeira fase do Campeonato Gaúcho.


“Eles pressionaram a saída de bola. E demos a bola longa. Esse chutão sempre caiu no pé do jogador do São José. Foi um gol de feitura muito bonita. Já estava achando que a equipe titular teria a primeira derrota. Lutamos muito. Valeu, não perdemos. O objetivo já foi alcançado, vamos em busca do outro no próximo domingo”, destacou o treinador.


O gol de Franciel saiu aos 28min do primeiro tempo. O Inter só conseguiu o empate aos 34min da segunda etapa. Já estava sem D’Alessandro, que sentiu no lance anterior ao gol do São José. Abel afirmou que, pela produção, o justo seria o Inter sair com a vitória.


“Foi até o gol. O rapaz estava com a bola na minha frente, falei para ele colocar para fora que o D’Alessandro estava sentindo. E veio o gol. Quando um time tem dificuldade, não é só porque o time não está bem. O adversário estava marcando bem. Dificuldades têm em todos os jogos. Segundo tempo todo ficamos em cima, conseguimos o empate. Se for analisar produção, quantas vezes ficamos dentro da área deles, escanteios e faltas, merecíamos um resultado melhor. Mas paciência, não veio”, completou.

Jornal Midiamax