Geral

À espera de Pato, São Paulo se recupera de revés em clássico e bate Paulista

À espera da chegada de Alexandre Pato, que já viu seu nome ligado a protestos de torcedores na arquibancada do Morumbi antes mesmo de ser anunciado oficialmente, o São Paulo conseguiu se reabilitar na noite desta quinta-feira. Derrotado no último domingo pela rival Palmeiras, a equipe tricolor não teve grande trabalho para bater o frágil […]

Arquivo Publicado em 06/02/2014, às 23h28

None
400470325.jpg

À espera da chegada de Alexandre Pato, que já viu seu nome ligado a protestos de torcedores na arquibancada do Morumbi antes mesmo de ser anunciado oficialmente, o São Paulo conseguiu se reabilitar na noite desta quinta-feira. Derrotado no último domingo pela rival Palmeiras, a equipe tricolor não teve grande trabalho para bater o frágil Paulista por 2 a 0 pelo Campeonato Estadual sob os olhares de pouco mais de seis mil torcedores no Morumbi.

Os gols são-paulinos foram marcados pelo zagueiro-artilheiro Antônio Carlos e por Luís Fabiano, que teve seu nome gritado nas arquibancadas do Morumbi enquanto o de Pato era xingado por torcedores. A negociação, que envolve a ida de Jadson para o Corinthians, está por detalhes de ser finalizada.

Mesmo sem fazer um grande jogo, o time do técnico Muricy Ramalho continua líder do Gripo A do Campeonato Paulista. O São Paulo subiu aos 12 pontos – o Paulista, por sua vez, tem dois pontos na lanterna do Grupo C e corre risco de ser rebaixado. Na próxima rodada, o time tricolor visita a Ponte Preta às 17h (de Brasília) de domingo, enquanto o Paulista recebe o Penapolense às 19h30 de terça.

O duelo desta quinta no Morumbi começou com um susto para os poucos são-paulinos que foram ao Morumbi. Logo aos 2min, o atacante do Paulista David Batista girou e chutou para grande defesa de Rogério Ceni. A equipe de Muricy Ramalho demonstrava dificuldade nos primeiros momentos do duelo, com pouca movimentação e falta de criatividade.

A situação começou a mudar a partir da metade final da etapa inicial, quando os atletas tricolores começaram a se soltar. Na chance mais clara, Álvaro Pereira recebeu na cara do goleiro adversário, mas chutou para fora. Aos 29min, contudo, o lateral uruguaio cruzou na medida para Antônio Carlos, que se antecipou ao goleiro adversário e chutou para abrir o placar antes do intervalo.

Na volta para os últimos 45 minutos, a equipe do Morumbi continuou melhor em campo e ditava o ritmo do confronto, mesmo sem fazer grande atuação. O Paulista não incomodava os donos da casa e pouco fazia para buscar o empate. Aos 7min, o time de Muricy quase fez o segundo, com Luís Fabiano, que completou cruzamento, mas viu o goleiro Juliano praticar ótima defesa.

A equipe tricolor tocava a bola com tranquilidade e chegava quando queria ao ataque. Aos 16min, o segundo gol saiu. Osvaldo invadiu a área e cruzou rasteiro: Luís Fabiano se antecipou e desta vez não perdoou, estufando as redes. Até o fim da partida, o São Paulo apenas tocou a bola e viu o tempo passar – a torcida nas arquibancadas aproveitou para protestar veemente contra a diretoria pela possível contratação de Alexandre Pato.

Jornal Midiamax