Geral

À espera de encontro com Olarte, PT segue indefinido sobre posicionamento da bancada

A bancada do PT na Câmara Municipal continua sem saber se vai compor a base aliada ou de oposição ao prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte. Os vereadores petistas aguardam uma definição por parte da direção local da legenda, que por sua vez estaria à espera de uma conversa com o chefe do Executivo da […]

Arquivo Publicado em 26/03/2014, às 14h00

None
1675270323.jpg

A bancada do PT na Câmara Municipal continua sem saber se vai compor a base aliada ou de oposição ao prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte. Os vereadores petistas aguardam uma definição por parte da direção local da legenda, que por sua vez estaria à espera de uma conversa com o chefe do Executivo da Capital.

Na manhã desta quinta-feira, durante sessão comunitária no bairro Monte Castelo, o vereador Zeca do PT disse que a bancada precisa se reunir e ver qual é a orientação do partido. Além dele, os vereadores Airton, Alex e Thais Helena, que integrou o primeiro escalão de Alcides Bernal e deve manter-se na oposição a Olarte, compõem a bancada petista na Capital.

Airton, que também participa da sessão comunitária no Monte Castelo, defende que o PT integre a base de Olarte. “Até onde eu sei, a direção do partido está aguardando ser chamada pelo prefeito”, comentou o parlamentar, dizendo que o PT precisa definir seu posicionamento. “Um partido do tamanho do PT não pode ficar em cima do muro”, disse.

Jornal Midiamax