Geral

Vídeo mostra ‘façanha’ de bandidos que confessaram assaltar 4 chácaras de idosos

A quadrilha acusada de cometer uma barbárie contra idosos em uma chácara de Terenos, a 27 quilômetros da Capital, já estava ‘monitorando’ outras vítimas para serem assaltadas na região. Ao todo, eles cometeram outros três crimes, com as pessoas amarradas, amordaçadas e ainda gravaram um vídeo para exibir a ‘façanha’ de possuir uma espingarda. Nas […]

Arquivo Publicado em 25/06/2013, às 14h53

None

A quadrilha acusada de cometer uma barbárie contra idosos em uma chácara de Terenos, a 27 quilômetros da Capital, já estava ‘monitorando’ outras vítimas para serem assaltadas na região. Ao todo, eles cometeram outros três crimes, com as pessoas amarradas, amordaçadas e ainda gravaram um vídeo para exibir a ‘façanha’ de possuir uma espingarda.


Nas imagens que o Midiamax teve acesso, Diego Oliveira Lima, 20 anos e um adolescente de 14 anos, se apresentam como sendo da ‘3ª companhia da infantaria’, carregam a espingarda de calibre 36, miram e atiram no vazio. Em seguida, Diego sopra e entrega a arma para o adolescente. Este se exibe para a câmera.


A gravação, de acordo com a delegada Maria de Lourdes, ocorreu alguns dias após eles invadirem a casa de Kazuo Suzue, 72 anos e Mio Suzue, 65 anos. E, em seguida, na noite do dia 27/04, eles abordaram os idosos Dirce Paulino Fernandes, 76 anos e Saul de Sousa Fernandes, 86 anos.


Da chácara foi levada uma espingarda calibre 36 e R$ 95. Eles chegaram de moto, fingindo uma falha mecânica e pediram socorro. Ao buscar uma ferramenta, o idoso foi imobilizado e dele exigido armas. Neste momento, a mulher permaneceu sob a mira de uma faca. O idoso informou onde estava a espingarda e os bandidos foram embora, após roubarem o objeto e amarrarem o casal.


Dias depois, na madrugada do dia 30/04, o bando adentrou a propriedade rural de Vergolino José Potrick, 80 anos. Mais uma espingarda foi levada além de dinheiro, um aparelho de som e um veículo Corsa, de placa HRP 5226, recuperado pela Polícia Civil em uma estrada vicinal. Este idoso, conforme a polícia ficou 40 minutos em poder da quadrilha e também foi amarrado.


Diego e o comparsa Anderson Santana Martins, além de outro integrante foram presos e o adolescente apreendido. Na cela, na semana passada, Diego e Anderson se enforcaram, o que fez a polícia acreditar em um pacto entre eles.

Veja o vídeo:

Jornal Midiamax