Geral

Venezuela celebrará dia de “amor e lealdade” a Chávez

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, incluiu uma nova efeméride no calendário comemorativo do país: o “Dia da Lealdade e do Amor ao Comandante Supremo Hugo Chávez e à Pátria”, a ser celebrado no dia 8 de dezembro. Maduro chegou ao poder depois que Chávez, àquela altura já muito doente de câncer, o indicou como […]

Arquivo Publicado em 05/11/2013, às 21h35

None

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, incluiu uma nova efeméride no calendário comemorativo do país: o “Dia da Lealdade e do Amor ao Comandante Supremo Hugo Chávez e à Pátria”, a ser celebrado no dia 8 de dezembro.


Maduro chegou ao poder depois que Chávez, àquela altura já muito doente de câncer, o indicou como sucessor. O presidente socialista morreu em março deste ano, e semanas depois Maduro, que já governava interinamente, foi eleito para um mandato completo.
A nova data comemorativa alude ao último discurso público de Chávez, em 2012, quando ele indicou Maduro como sucessor.


Chávez “conseguiu transformar a Venezuela, que há 20 anos estava metida nas trevas do capitalismo, para gestar o nascimento de uma pátria plena de esperanças, de sonhos, de dignidade, capaz de traçar para si a meta mais ambiciosa, a consolidação da suprema felicidade para o seu povo”, diz o decreto, publicado na terça-feira no Diário Oficial.


O decreto determina que sejam realizados eventos comemorativos no país todo para “honrar com ação e pensamento sua herança e seu legado universal”.


Jornal Midiamax