Geral

UFGD oferece graduação para formação de professores em Libras

A comunidade surda vem há anos lutando por direitos básicos de todo cidadão brasileiro como o acesso à educação e a atendimento especializado em órgãos públicos e privados. No Brasil e no Mato Grosso do Sul ainda há um número muito restrito de pessoas capacitadas para trabalhar como tradutores e professores de Libras, a língua […]

Arquivo Publicado em 25/06/2013, às 13h33

None

A comunidade surda vem há anos lutando por direitos básicos de todo cidadão brasileiro como o acesso à educação e a atendimento especializado em órgãos públicos e privados. No Brasil e no Mato Grosso do Sul ainda há um número muito restrito de pessoas capacitadas para trabalhar como tradutores e professores de Libras, a língua oficial da comunidade surda no Brasil.

Para atender essa demanda das pessoas com deficiência auditiva e também para criar novas oportunidades de emprego na área da docência, a UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) criou o curso de Letras/Libras, na modalidade a distância.

O vestibular para formar a primeira turma vai acontecer no dia 28 de julho, na cidade de Dourados. As inscrições para o vestibular estão abertas, até dia 5 de julho. O valor da taxa de inscrição é de R$ 60,00.

Para o responsável pelos atendimentos em Libras e formação de professores e intérpretes de Libras da Secretaria Municipal de Educação de Dourados (Semed), Aurélio da Silva Alencar, “os surdos que terminam o ensino médio ficam à margem da formação em nível superior por vários motivos, entre eles a dificuldade em fazer uma graduação que não tenha a Libras como sua L1 (primeira língua) e acabam não prestando vestibular”. Com a criação do curso, essa realidade deve mudar, inserindo os surdos no Ensino Superior.

Como vai funcionar o curso

Esta é a primeira turma do curso Letras-Libras da EAD/UFGD. O curso tem como objetivo formar professores de Libras, surdos e ouvintes, para dar aulas na Educação Básica. As aulas, assim como algumas atividades de avaliação, serão oferecidas pela internet. Ao longo do curso, com duração de três anos, haverá encontros presenciais a cada 15 dias para realização de atividades obrigatórias como encontros, aulas práticas, estágios, defesa de trabalhos de conclusão de curso, atividades relacionadas a laboratórios de ensino, pesquisa, extensão, tutoria e avaliações. Essas atividades presenciais poderão ser desenvolvidas às sextas-feiras, turno diurno e noturno, e aos sábados, no diurno.

O curso será oferecido em dois polos, um em Dourados e outro em Rio Brilhante. Em cada polo estarão disponíveis 40 vagas. Dessas, 20 vagas são para acesso universal e outras 20 são para estudantes que estudaram todo o Ensino Médio em escolas públicas.

Os interessados em fazer sua inscrição devem acessar o edital do vestibular: clicando aqui http://www.ufgd.edu.br/vestibular/psvlibras2013

Jornal Midiamax