Geral

Tumulto em centro religioso deixa pelo menos 28 mortos na Nigéria

Pelo menos 28 pessoas morreram e 200 ficaram feridas em consequência de um corre-corre após uma vigília em um centro religioso da cidade nigeriana de Ukeh, estado de Anambra, informou a imprensa local. O fato aconteceu no começo deste sábado (dia 2) quando chegaram ao local, aparentemente de forma não esperada, políticos e candidatos às […]

Arquivo Publicado em 03/11/2013, às 10h00

None

Pelo menos 28 pessoas morreram e 200 ficaram feridas em consequência de um corre-corre após uma vigília em um centro religioso da cidade nigeriana de Ukeh, estado de Anambra, informou a imprensa local.

O fato aconteceu no começo deste sábado (dia 2) quando chegaram ao local, aparentemente de forma não esperada, políticos e candidatos às eleições para o cargo de governador do estado de Anambra, que acontecem dentro de 14 dias.

Segundo testemunhas citadas pelo jornal “Daily Times”, seguidores do senador Chris Ngige, candidato ao cargo de governador pelo All Progressives Congress, vaiaram o atual governador, Peter Gobi, e o candidato de seu partido, All Progressive Grand Alliance, Willie Obiano, enquanto quem apoiava estes bloquearam a saída quando o parlamentar tentou deixar o local.

Foi nesse momento, segundo o periódico local, aconteceu o corre-corre que causou as mortes e ferimentos, por asfixia e esmagamento.

Jornal Midiamax