Geral

Tribunal deve decidir se Pistorius será libertado sob fiança

O paratleta sul-africano Oscar Pistorius volta ao tribunal de Pretória para saber se será libertado sob fiança, após ter sido acusado formalmente de assassinato premeditado da namorada, a modelo Reeva Steenkamp, na última quinta-feira (14). No entanto, a situação dele fica cada dia mais complicada. A polícia revelou nesta quarta-feira que encontrou testosterona e agulhas […]

Arquivo Publicado em 20/02/2013, às 11h47

None

O paratleta sul-africano Oscar Pistorius volta ao tribunal de Pretória para saber se será libertado sob fiança, após ter sido acusado formalmente de assassinato premeditado da namorada, a modelo Reeva Steenkamp, na última quinta-feira (14).


No entanto, a situação dele fica cada dia mais complicada. A polícia revelou nesta quarta-feira que encontrou testosterona e agulhas no quarto de Pistorius. Uma testemunha citada pelo promotor Gerrie Nel também teria afirmado que Pistorius e a namorada discutiram violentamente entre duas e três da manhã, antes que o atleta a matasse com tiros.


Esse depoimento contradiz as afirmações de Pistorius, que alega que ele e a namorada haviam passado uma noite tranquila e deitado às dez da noite.


Segundo o advogado de defesa, Barry Roux, Pistorius afirma ter matado a namorada por engano, ao confundi-la com um ladrão que teria invadido a casa.


Na segunda-feira, Pistorius disse que atirou na namorada acidentalmente, enquanto a promotoria sustenta a tese de que os tiros foram intencionais e que se trata de um crime premeditado.


Ontem, Pistorius afirmou que não tinha a intenção de matar sua namorada. Ele disse que estava profundamente apaixonado pela modelo.

Jornal Midiamax