Geral

Tribunal cancela eleição em Caracol e prefeito do PT reassume prefeitura

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Atapoã da Costa Feliz, concedeu liminar para suspender as eleições suplementares de julho em Caracol e determinou o retorno ao cargo do prefeito Manoel Viais (PT). Cassado em abril deste ano pela Justiça Eleitoral, o petista chegou a lançar a esposa, Célia Viais (PT), mas ela renunciou após […]

Arquivo Publicado em 25/06/2013, às 12h50

None
93275292.jpg

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Atapoã da Costa Feliz, concedeu liminar para suspender as eleições suplementares de julho em Caracol e determinou o retorno ao cargo do prefeito Manoel Viais (PT).

Cassado em abril deste ano pela Justiça Eleitoral, o petista chegou a lançar a esposa, Célia Viais (PT), mas ela renunciou após o Ministério Público Estadual pedir o indeferimento da sua candidatura. O PT passou a apoiar a então candidata a vice-prefeita, Cristiane Rospi Godoy (PSDB).

De acordo com Valeriano Fontoura, advogado de defesa de Manoel, o desembargador viu que não há provas da irregularidade, que seria a distribuição de camisetas do PT durante um evento com a participação do senador Delcídio do Amaral (PT).

O juiz de Bela Vista e o Tribunal Regional Eleitoral confirmaram a cassação de Viais e foram convocadas novas eleições.

Cristiane Godoy e Bento Afonso Oliveira de Souza (PSL) disputavam a prefeitura e a votação seria no dia 7 de julho deste ano.

Viais afirmou que está muito contente com a decisão e reassume o cargo as 10h desta terça-feira.
A manutenção dele na cadeira dependerá do julgamento do recurso pelo Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília (DF).

Jornal Midiamax