Geral

Torneio de ginástica rítmica e artística mostra trabalho social e revela talentos

Acontece neste sábado (7), a partir das 8h, no Parque Ayrton Senna, o IX Torneio Copa Campo Grande de Ginástica Artística e Rítmica. Promovido pela Federação de Ginástica de Mato Grosso do Sul, o evento irá reunir cerca de 250 atletas que treinam no projeto Geração de Campeões no Centro de Treinamento (Cefat). Os participantes, […]

Arquivo Publicado em 06/12/2013, às 19h18

None
1685240750.jpg

Acontece neste sábado (7), a partir das 8h, no Parque Ayrton Senna, o IX Torneio Copa Campo Grande de Ginástica Artística e Rítmica. Promovido pela Federação de Ginástica de Mato Grosso do Sul, o evento irá reunir cerca de 250 atletas que treinam no projeto Geração de Campeões no Centro de Treinamento (Cefat).

Os participantes, que em sua maioria são iniciantes, irão mostrar o que já aprenderam. Com apenas 12 anos, Bianca Delmondes Servian, conta que está há um ano no projeto e está ansiosa para fazer sua apresentação.

A adolescente que hoje sonha em ser uma grande atleta confessa que entrou no esporte só para agradar a mãe que queria que ela praticasse a modalidade. Mas, aos poucos começou a se interessar e hoje pensa até em se profissionalizar.

Bianca diz que no inicio achava tudo estranho e chato, mas com o tempo aprendeu a apreciar o esporte e agora é ela quem não quer mais deixar de praticá-lo. “Não falto às aulas de jeito nenhum. Quero ser atleta”, diz.

E se dedicar não é algo fácil de encarar. Para cumprir a agenda de treinamentos ela conta que muitas vezes tem que deixar outras atividades de lado. “Tem vez que não dá nem para entrar no Facebook”, diz como qualquer outra adolescente que não consegue deixar a rede.

A coordenadora das iniciações esportivas do Cefat, Hemoli Ramires, 32 anos, diz que nem sempre é fácil para os esportistas deixarem a tecnologia de lado e se dedicarem ao esporte. “As crianças hoje são interessadas em outras coisas. E para ser atleta tem que ter disciplina”, diz.

Ela explica que o festival que acontece amanhã e domingo é um evento de massificação, uma forma de divulgar e incentivar a pratica do esporte. Mas, claro que nesse tipo de atividade é possível verificar os atletas que tem tino para competição.

“O festival é mais para divulgar e para que os pais possam ver os filhos em prática. Eles trazem as crianças, participam e querem ver o trabalho realizado”, justifica.

Professora de ginástica artística, Zadiane Gasparetto, 29 anos, completa afirmando que o esporte ainda é pouco conhecido do grande público, por isso o festival é uma boa oportunidade das pessoas conhecerem mais sobre a ginástica rítmica e artística.

Participam ainda do festival equipes de Fátima do Sul e do Colégio Dom Bosco. Pela manhã, as competições serão de ginástica artística e a partir das 14h haverá torneio de ginástica rítmica.

Já no domingo, a Associação Desportiva de Ginástica das Moreninhas promove, em parceria com a Funesp, o 4º Festival de Ginástica Rítmica da ADEGIM na Escola Waldemir Barros Machado da Silva, a partir das 17h. Neste evento, irão participar 150 atletas do projeto Geração de Campeões que treinam no Parque Jacques da Luz.

Com estes eventos, a Funesp encerra as atividades de 2013 do projeto Geração de Campeões, na modalidade de ginástica. As ações do projeto, promovido pela Prefeitura de Campo Grande na administração Alcides Bernal, retornam no início do ano.

Jornal Midiamax