Geral

Sindicato diz que GM vai demitir 598 pessoas

São Paulo – O Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região informou que 598 cartas de demissão foram enviadas aos trabalhadores da General Motors em São José dos Campos (SP). O período de afastamento, chamado de lay-off, para 779 trabalhadores do setor de montagem da empresa termina nesta terça-feira (26). Apesar das […]

Arquivo Publicado em 26/03/2013, às 18h00

None

São Paulo – O Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região informou que 598 cartas de demissão foram enviadas aos trabalhadores da General Motors em São José dos Campos (SP). O período de afastamento, chamado de lay-off, para 779 trabalhadores do setor de montagem da empresa termina nesta terça-feira (26).



Apesar das tentativas do sindicato de reverter as possíveis demissões, a empresa afirmou, em reunião na última sexta-feira (22), que apenas os trabalhadores considerados estáveis seriam mantidos.



No último 26 de janeiro, a GM e o sindicato chegaram a um acordo que preservou investimentos de R$ 500 milhões, a continuidade da produção do Classic e garantia de emprego para 950 trabalhadores até dezembro deste ano. O mesmo acordo estendeu o lay-off dos 779 trabalhadores até esta terça-feira.


Jornal Midiamax