Geral

Sindicato de Dourados denuncia Banco do Brasil por suspensão de Plano de Saúde

Eles foram surpreendidos, no início do mês, com a suspensão, sem aviso prévio, do atendimento dos associados da CASSI nos hospitais de Dourados

Arquivo Publicado em 27/03/2013, às 11h43

None
234873559.jpg

Eles foram surpreendidos, no início do mês, com a suspensão, sem aviso prévio, do atendimento dos associados da CASSI nos hospitais de Dourados

Funcionários do Banco do Brasil foram surpreendidos, no início do mês, com a suspensão, sem aviso prévio, do atendimento dos associados da CASSI nos hospitais de Dourados. Desde então o Sindicato tem feito todos os esforços no sentido de sensibilizar os entes envolvidos no sentido de que o serviço seja normalizado.

Diante do impasse e do descaso por parte do Banco, que é o responsável pelo plano de saúde a seus funcionários, os funcionários fazem um protesto hoje, em frente à agência centro do banco em Dourados.

A manifestação, com carro de som, faixas e panfletagens, objetiva chamar a atenção da empresa e denunciar o descaso para a sociedade, além de alertar a população para que se o problema não for resolvido os bancários, em breve, farão paralisações de agências, já que o Banco do Brasil mesmo tendo lucrado mais de R$ 12 bilhões em 2012 nada tem feito para garantir ao menos condições dignas de atendimento a saúde de seus funcionários.

O Sindicato já cobrou a Gerência da CASSI no Estado, via telefone e pessoalmente em Campo Grande, já se reuniu com a Diretora de Planos de Saúde e Relacionamento com Clientes da CASSI, Mirian Fochi em Brasília, fez visita ao Hospital Santa Rita e, também cobrou oficialmente o Banco do Brasil, através de documento protocolizado em reunião com o Superintendente Renato Antunes em Dourados.

Conforme o Sindicato, todo este esforço serviu apenas para uma solução paliativa, que foi a prorrogação do atendimento nos hospitais para casos de urgência e emergência que funcionou temporariamente até esta segunda-feira passada.

Jornal Midiamax